Você está em:

Setor ambiental da Arquidiocese avalia ações em 2020 e planeja iniciativas estratégicas

O Setor Ambiental da Arquidiocese de Belo Horizonte, vinculado ao Vicariato Episcopal para Ação Social, Política e Ambiental , se reuniu na terça-feira, dia 15 de dezembro, para avaliar as ações de 2020 e avançar no planejamento estratégico de novas iniciativas. O encontro, presidido pelo bispo auxiliar dom Vicente Ferreira, teve a participação do padre Wagner Calegário, reitor do Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade, do professor Miguel Andrade, do professor João Rettore e da professora Janise Dias, que coordena o Setor Ambiental da Arquidiocese de Belo Horizonte.

Os participantes destacaram que a criação dos Comitês Arquidiocesanos foi importante avanço neste ano. Em 2020, foram instituídos o Comitê Arquidiocesano das Águas (COÁGUAS), o Comitê Arquidiocesano sobre Mineração (CAM) e o Comitê Arquidiocesano sobre Mineração na Serra da Piedade (CAMISP), que fortaleceram o Setor Ambiental da Arquidiocese de Belo Horizonte. Outro avanço foi o início do mapeamento do território com presença missionária da Arquidiocese de Belo Horizonte, para reconhecer áreas que merecem mais atenção na perspectiva da preservação e da defesa da natureza. Para 2021, o Setor Ambiental planeja organizar o 1º Seminário Arquidiocesano para a Ecologia Integral.

O Setor Ambiental da Arquidiocese de Belo Horizonte inspira-se na Carta Encíclica do Papa Francisco Laudato Si’ – sobre o cuidado com a casa comum.