Você está em:

SANTUÁRIO ARQUIDIOCESANO SÃO FRANCISCO DE ASSIS

O Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis, na Pampulha, em Belo Horizonte, é um espaço privilegiado para quem busca viver a espiritualidade franciscana. Anualmente, milhares de devotos comparecem, no dia 4 de outubro, à festa do Padroeiro. Um momento singular na vivência da fé. São pessoas de todas as idades, que buscam, sem desanimar, o encontro pessoal com Deus.

O Conjunto Arquitetônico da Pampulha, composto pela Casa do Baile, Museu de Arte da Pampulha, edifício do antigo Cassino, Iate clube, Casa JK e o Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis, foi construído nos primeiros anos da década de 40. Concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer, por encomenda do então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitscheck, o templo dedicado a São Francisco é a primeira igreja modernista da arquitetura brasileira.

Construído de 1943 a 1945, o Santuário teve sua ornamentação concluída em 1957. Foi entregue ao culto religioso em 1959, quando ocorreu sua doação, pela Prefeitura da Capital, à Arquidiocese de Belo Horizonte. Recebeu tombamento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1947.

Em 2016, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, que já era extrema importância para a história do país, ganha mais um novo sentido cultural, quando recebe a titulação de Patrimônio da Humanidade. A decisão foi tomada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) em Istambul, na Turquia.

Com o recebimento do título de Patrimônio Cultural da Humanidade, a Capela precisou passar por obras de intervenção e restauração. No dia 19 de novembro de 2017 foi fechada para obras estruturais, manutenções e reparação e restauração. Os quadros que retratam a via sacra, pintados por Portinari, foram retirados da Capela e passaram por um restauro minucioso.

No dia 4 outubro de 2019, no dia de São Francisco, a Capela foi reinaugurada e desde então se mantém aberta atribuindo tanto os valores tradicionais religiosos, quanto os valores resinificados por seu caráter cultural.

Na Festa de São Francisco do ano de 2021, no contexto da celebração do Ano Jubilar Centenário da Arquidiocese de Belo Horizonte, a primeira igreja modernista do País foi elevada a Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis.

Endereço: Av. Otacílio Negrão de Lima, 3000 – Pampulha, Belo Horizonte. Para mais informações, clique aqui.