Você está em:

Santuário Arquidiocesano da Santíssima Eucaristia organiza grupos para a Leitura Orante da Bíblia

O Santuário Arquidiocesano da Santíssima Eucaristia – Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem começa a acolher, na próxima quarta-feira, às 16h30, grupos de fiéis que desejam vivenciar a Leitura Orante da Palavra de Deus. A iniciativa está sendo preparada à luz do Projeto de Evangelização Proclamar a Palavra, da Arquidiocese de Belo Horizonte.

De acordo com o pároco e reitor do Santuário, padre Marcelo Silva, sss, a Leitura Orante da Palavra de Deus vai preparar os fiéis para a Liturgia das Missas dominicais. Os encontros estão sendo organizados com a assessoria das Irmãs Paulinas e serão conduzidos pela Ir. Rosana Pulga.

Outros grupos de Leitura Orante da Palavra de Deus, que se encontrarão no Santuário, já estão sendo formados, conforme explica padre Marcelo. O Santuário Arquidiocesano da Santíssima Eucaristia – Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem fica na Rua Sergipe, 175, bairro da Boa Viagem, Belo Horizonte.

A Leitura Orante da Palavra de Deus

O itinerário para a leitura orante está indicado na Exortação Apostólica Pós-Sinodal Verbum Domini , do Papa Emérito Bento XVI, fruto do Sínodo dos Bispos sobre a Palavra de Deus na vida e na missão da Igreja. A Exortação Apostólica indica os seguintes passos fundamentais para a leitura orante da Bíblia: 1)Começa com a leitura (lectio) do texto, que suscita a interrogação sobre um autêntico conhecimento do seu conteúdo: o que diz o texto bíblico em si? Sem este momento, corre-se o risco que o texto se torne somente um pretexto para nunca ultrapassar os nossos pensamentos. 2) Segue-se depois a meditação (meditatio), durante a qual nos perguntamos: que nos diz o texto bíblico? Aqui cada um, pessoalmente, mas também como realidade comunitária, deve deixar-se sensibilizar e se questionar, porque não se trata de considerar palavras pronunciadas no passado, mas no presente. 3) Sucessivamente chega-se ao momento da oração (oratio), que supõe a pergunta: que dizemos ao Senhor, em resposta à sua Palavra? A oração enquanto pedido, intercessão, ação de graças e louvor é o primeiro modo como a Palavra nos transforma. 4) Finalmente, a lectio divina conclui-se com a contemplação (contemplatio), durante a qual assumimos como dom de Deus o seu próprio olhar, ao julgar a realidade, e interrogamo-nos: qual é a conversão da mente, do coração e da vida que o Senhor nos pede? O documento sublinha ainda que a leitura orante não está concluída enquanto não se converter em efetiva ação – isto significa que o fiel deve fortalecer o seu compromisso com o exercício da caridade.