Você está em:

Programa Expedições do Patrimônio conta a história do Largo do Rosário, Patrimônio Cultural e Imaterial de BH

Nesta terça-feira, 26 de abril, das 14 às 16h30, o padre Mauro Luiz da Silva, pároco da Paróquia Jesus Missionário, do bairro Vista Alegre, em Belo Horizonte, e curador do Muquifu – Museu dos Quilombos e Favelas Urbanos, participa do Projeto Expedições do Patrimônio. Padre Mauro irá apresentar as questões que levaram o Largo do Rosário do Curral Del Rey a receber o registro de Patrimônio Cultural e Imaterial de Belo Horizonte. O Projeto Expedições do Patrimônio é uma ação educativa da Diretoria de Patrimônio Cultural e Arquivo Público da Fundação Mineira de Cultura (FMC). A proposta é permitir que, a cada edição, os participantes possam aprofundar o conhecimento e vivência dos bens materiais e imateriais do Patrimônio Cultural de Belo Horizonte.

O encontro, desta terça-feira, proporcionará uma viagem pela história da constituição da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos do Curral Del Rey, demonstrando como ocorreu o processo de retomada simbólica daquele território pela comunidade, nos últimos anos. O Programa irá abordar a importância do lugar, para a cultura, a memória, a identidade e a educação da população afro-brasileira e dos belo-horizontinos de modo geral.

Inscrições no site: pbh.gov.br/patrimoniocultural ou por meio deste link