Você está em:

Preservação do Patrimônio Cultural Sacro: responsabilidades e ações – 18 de maio

Simpósio, no dia 18 de maio, no salão vermelho da Procuradoria Geral de Justiça, discutirá as responsabilidades e ações na preservação do Patrimônio Cultural Sacro da Igreja, os aspectos penais na proteção do Patrimônio Sacro, parcerias, segurança e Direito Canônico.

Serão realizados três painéis, uma conferência, e, ao final do dia, debates e leitura da carta conclusiva. O evento, promovido pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais e Promotoria Estadual de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico de Minas Gerais terá início às 8h30m, com previsão de término às 18h.

Inscrições e mais informações pelo telefone: (31) 3250-4619. A procuradoria Geral de Justiça está situada na Av. Álvares Cabral, 1690 – 1º andar – Santo Agostinho.

E-mail: gepcultural@mp.mg.gov.br

Confira a programação:

8h30 – Abertura

9h – Painel 1 –

Responsabilidades pela Preservação do Patrimônio Cultura da Igreja

A preservação dos bens culturais da Igreja segundo o Direito Canônico

A preservação dos bens culturais da Igreja segundo o Direito do Patrimônio Cultural

10h30 – Painel 2 –

Segurança do Patrimônio Cultural da Igreja

As ações do Iphan para a Segurança do Patrimônio Sacro

O Inventário como Instrumento de Proteção e Preservação do Patrimônio Cultural Sacro

Parcerias entre a Sociedade Civil, a Igreja e o Poder Público para a Preservação de Bens Culturais.

14h – Painel 3 –

Aspectos Penais na Proteção do Patrimônio Sacro 

Histórico dos Crimes contra o Patrimônio da Igreja em Minas Gerais

A Atuação do Ministério Público no Combate ao Comércio Clandestino de Bens Culturais

Guarda e Fruição de Bens Culturais Apreendidos

 A atuação da Polícia Federal e da Interpol no Combate aos Crimes contra o Patrimônio Cultural.

16h30 – Conferência de Encerramento – “Projeto Igreja Segura, Igreja Aberta” – O exemplo de Portugal.

17h30 – Debates finais e Carta Conclusiva