Você está em:

Nossa história nas comunidades: Nossa Senhora das Graças e Medalha Milagrosa (bairro Concórdia)

A Capela Nossa Senhora das Graças e Medalha Milagrosa, edificada na década de 1930 na antiga Vila Concórdia, tornou-se a primeira Igreja Matriz da Paróquia Nossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa. Essa singela igreja é fruto do crescimento da região, hoje bairro Concórdia, e da consolidação de suas comunidades de fé. A dedicação da Capela a Nossa Senhora das Graças e Medalha Milagrosa se originou da inspiração do primeiro arcebispo de Belo Horizonte, dom Antônio dos Santos Cabral. Conta-se que, após alcançar uma graça, o Arcebispo prometeu dedicar uma igreja à Mãe Maria, a partir da devoção a Nossa Senhora das Graças e Medalha Milagrosa.

Créditos: Propriedade da Família de Thiago Moreira e acervo digital da Paróquia

No dia 1° de janeiro de 1936, o templo foi solenemente consagrado a Deus por dom Cabral. As ruas ficaram repletas e muitas pessoas se reuniram para vivenciar o histórico momento.

No ano de 1986, quando a igreja completou 50 anos, iniciou-se uma grande mudança. Uma ampla reforma foi planejada para a antiga igreja, com o objetivo de adequá-la à nova realidade da região. O templo foi ampliado, com a construção de  15 salas para catecismo, espaços multiuso, dois salões, cozinha industrial, dentre outros ambientes. A obra, possível graças ao trabalho das comunidades de fé e à solidariedade, foi concluída em 1996.

O primeiro batizado celebrado na capela Crédito: da família de Izaura Vaz e acervo digital da Paróquia Nossa Senhora das Graças e Medalha Milagrosa

Nossa história nas comunidades

 

A Arquidiocese de Belo Horizonte vai contar a sua história a partir da sua rede de comunidades de fé. Para essa missão, pede a ajuda de seus evangelizadores, especialmente dos padres, profissionais das secretarias paroquiais e agentes da Pastoral de Comunicação. O objetivo é reunir um acervo com fotos e outros registros que testemunhem a história de cada comunidade paroquial. Podem ser registros fotográficos de eventos especiais, de evangelizadores marcantes, ou mesmo cartas e mensagens que ajudem a apresentar a história das comunidades paroquiais.

A iniciativa busca resgatar imagens, textos e outros registros que estão nos arquivos das paróquias e comunidades de fé. Preciosidades que merecem ser mais conhecidas por todos, pelo valor histórico e afetivo. Vamos publicar esse tesouro nas redes sociais, sites e meios de comunicação da Arquidiocese de Belo Horizonte.

O endereço de e-mail para nos enviar os registros de sua comunidade paroquial é: imprensa@arquidiocesebh.org.br. 

Importante registrar, em breve texto, o histórico do registro que está sendo partilhado.