Você está em:

Igreja São José é elevada a Santuário Arquidiocesano durante Missa presidida por dom Walmor

Um capítulo especial foi escrito na história da Igreja São José, no Centro de Belo Horizonte,  neste dia 19 de março. O templo, inaugurado há mais de um século e que reúne fiéis de diferentes lugares, para orações e homenagens ao pai adotivo de Jesus, foi solenemente elevado a Santuário Arquidiocesano São José, durante celebração presidida pelo arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo, concelebrada por padres da Arquidiocese de Belo Horizonte e religiosos redentoristas.

Dom Walmor anunciou solenemente a criação do Santuário durante a sua homilia, lembrando que o dia 19 de março, Festa de São José, tem luminosidade especial. “Nossos olhos se voltam a São José, há 150 anos reconhecido patrono da Igreja”. O Arcebispo sublinhou que o pai adotivo de Jesus é obediente. “Em gesto de bondade e de respeito, São José tudo fez para salvar a vida de Maria e do seu Filho amado, oferecendo-se por amor. Este deve ser o nosso caminho, a nossa escola, tudo fazer por amor”.

O Santuário Arquidiocesano São José deve ser cada vez mais, conforme orientou dom Walmor, escola de amor, a serviço da evangelização. “A elevação da Igreja São José a Santuário é presente ao Povo de Deus, sinal de esperança”, disse. O Arcebispo sublinhou ainda que a Festa do Padroeiro, neste 19 de março, em meio a luto e sofrimentos provocados pela pandemia da Covid-19, é delicadeza da Igreja, para reacendermos no Ano de São José, convocado e proclamado pelo Papa Francisco no dia 8 de dezembro de 2020, a confiança e a esperança em Deus. “Nesta confiança, enxergar novos rumos, para conquistarmos novas respostas ante os desafios deste tempo”. O Arcebispo ainda lembrou que a Festa de São José marca a abertura do Ano da Família, inspirando os fiéis a fazerem da própria casa uma verdadeira Igreja. “Nossa Igreja nasceu de casa em casa, antes de nos congregarmos nos templos”.

Neste dia 19 de março, Festa de  São José, o novo Santuário Arquidiocesano não pôde recebera multidão de fiéis, em peregrinações que a cada ano escrevem a sua história. A pandemia, com a necessidade de se respeitar o distanciamento social, para salvar vidas, evitando a propagação da covid-19, exige que os fiéis acompanhem os momentos de oração de suas casas, a partir dos meios de comunicação. A solene Celebração Eucarística que marcou a criação do Santuário reuniu poucos evangelizadores, padres e alguns evangelizadores estiveram presentes. Mas milhares de fiéis se congregaram a partir de TVs, rádios e redes sociais de inspiração católica. Todos em preces, suplicando a intercessão do patrono da Igreja, do pai adotivo de Jesus e esposo de Maria, que está no coração do Povo de Deus:  homenagens e orações a São José.