Você está em:

Estudo revela que alunos de escolas católicas têm mais chances de se graduar

Portal de Notícias Zenit divulga estudo mostrando que os alunos de instituições católicas de ensino superior têm mais chances de chegar à universidade e se diplomar quando comparados aos seus colegas de outras instituições de ensino (Relatório Estatístico Anual sobre os centros de ensino católicos 2009-2010 foi publicado pela Associação Nacional de Educação Católica).

O estudo mostra que as instituições católicas de ensino secundário nos EUA obtêm um percentual de 99,1% de alunos graduados, contra 97,9% de escolas particulares não-confessionais e 73,2% de escolas públicas. Do mesmo modo, os alunos de escolas católicas têm maior probabilidade (84,7%) de vir a frequentar um curso universitário – quase o dobro dos estudantes provenientes de escolas públicas (44,1%).

“O estudo demonstra a excelência dos centros de ensino católicos – disse Marie Powell, diretora executiva do Secretariado para a Educação Católica da Conferência Episcopal. As escolas católicas apresentam um notável recorde nos índices de diplomação de seus estudantes.”

Sua eficácia em educar os estudantes, mesmo em ambientes difíceis, é citada regularmente nos relatórios publicados nos últimos 25 anos. A comunidade católica deve se orgulhar de manter estas instituições de ensino”, afirmou.