Você está em:

Emoção na celebração da Crisma de mais de 200 jovens em Contagem

Igreja cheia, devoção e muita alegria marcaram a celebração da Crisma, sábado à noite, dia 27, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida e São Miguel, no Bairro Duval de Barros, em Contagem.

Mais de 200 jovens com idade entre 15 e 38 anos, vestindo uma camisa com dizeres: “A fé em Deus nos fez crer no incrível, ver o invisível e realizar o impossível” e segurando o exemplar da Bíblia – edição personalizada pela Arquidiocese de Belo Horizonte para a campanha Bíblia na Mão, Palavra de Deus no Coração, que receberam dos padrinhos, aguardavam ansiosos pelo grande momento de receber do bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, dom Joaquim Giovane Mol Guimarães, o sacramento da Crisma.

Para o pároco, padre Jorge Alves Filho, não importa a idade para encontrar um caminho cristão. O importante é estar à disposição da obra de Deus para servir com amor. “A Crisma é o sacramento da maturidade para a vida cristã. Depois de receber o sacramento, os jovens estarão prontos para uma missão cristã na sociedade”.

Aos 34 anos, a artesã Gisele Furbin de Souza encontrou no grupo de preparação para a Crisma o consolo que buscava para as aflições que vivia. “Aprendi muito e reforcei minha fé em Jesus Cristo. Hoje sei que vale a pena procurar Deus e encontrá-lo em qualquer época da vida. Eu o encontrei aqui na Igreja, ao lado de amigos verdadeiros e com o apoio do padre Jorge, que é uma pessoa sensacional”.

Kátia Eliane do Nascimento foi batizada, recebeu a Primeira Eucaristia e a Crisma na paróquia. Hoje é catequista e coordenadora do grupo de crisma. Ela fala sobre importância da evangelização desde a infância para se ter uma comunidade cristã comprometida com a sociedade. “É preciso preparar os jovens para viver em sociedade de maneira cristã, servindo ao próximo e buscando a Deus. Aqui na paróquia, recebemos todo o apoio que precisamos para desenvolver um bom trabalho. Durante o ano de preparação para a Crisma, visitamos asilos, abrigos, creches. Evangelizamos mostrando a realidade social em que vivemos.”

Durante a celebração, dom Joaquim Mol agradeceu, em nome da Arquidiocese de Belo Horizonte, o bonito trabalho da paróquia e dos catequistas que prepararam os jovens para a Crisma e disse que “o óleo do crisma confirma o sacramento do Batismo na juventude para que possam por eles mesmos seguir a Jesus Cristo. É a descoberta da vida cristã no Espírito Santo de Deus.”
 

– Mais fotos aqui