Você está em:

Arcebispo sublinha a importância dos sacerdotes na Celebração Penitencial do Clero

 


A Basílica Estadual das Romarias, no Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade, recebeu muitos padres para a tradicional Celebração Penitencial do Clero, vivenciada há mais de 50 anos na Arquidiocese de Belo Horizonte. Desde 2019, em razão da pandemia, não se vivenciava a tradicional Celebração, agora retomada seguindo protocolos de prevenção da COVID-19.

O arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo, que presidiu a Celebração, destacou a importância de se cultivar a força espiritual para dar conta de servir adequadamente, na família, na profissão, nas instâncias do poder público e também na Igreja. Conforme salientou o Arcebispo, a Celebração Penitencial do Clero, a cada ano vivida na sexta-feira da Semana das Dores de Nossa Senhora, é rica oportunidade para o fortalecimento dos presbíteros, qualificando-os ainda mais para a vivência da Semana Santa.

Dom Walmor ressaltou a importância dos presbíteros para as comunidades de fé, para a Arquidiocese de Belo Horizonte e toda a humanidade. “O serviço sacerdotal é de fortalecimento das dimensões espiritual e humana de todas as pessoas. O sacerdote precisa, pois, estar fortalecido, para anunciar o Reino de Deus e ajudar o mundo a ser melhor. Por isso, a Celebração Penitencial do Clero é importante: os que cuidam estão se cuidando. Os que perdoam estão buscando o perdão”.

Após a Celebração Penitencial do Clero, os sacerdotes foram acolhidos pela equipe de evangelizadores do Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade, para a partilha de um almoço. Um momento de integração e fraternidade.

Celebração Penitencial do Clero