Você está em:

Diário da Gratidão: obrigada por ajudar a amparar os nossos irmãos mais velhos

Hoje é um dia especial para a Família Faço Parte pela oportunidade de agradecer. Muito obrigada por ajudar a amparar as idosas da casa Santa Zita.

A sua contribuição também ajuda a confortar tantos e tantos corações, a partir das transmissões das Missas e momentos de oração do Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade – Padroeira de Minas Gerais.

Neste mês de julho, dedicado à celebração de Santana e São Joaquim , avós de Jesus, e a todos os avós,   nossa gratidão a você que  gosta de dizer: “Eu faço parte da Família dos Devotos de Nossa Senhora da Piedade”, por nos ajudar a transformar nossa fé em gestos de amor aos nossos irmãos mais velhos.

Agradecemos muito a Deus por temos você com a gente e pedimos a Santana, a mãe de Nossa Senhora,  que interceda por você seus familiares.

Oração a Santana e São Joaquim

Senhora Santa Ana, fostes chamada por Deus a colaborar na salvação do mundo.
Seguindo os caminhos da Providência Divina, recebeste São Joaquim por esposo. Deste vosso matrimônio, vivido em santidade, nasceu Maria Santíssima, que seria a Mãe de Jesus Cristo. Formando, vós, família tão santa, confiantes nós vos pedimos por nossa família. Amém!

Alcançai-nos a todos as graças de Deus: aos pais deste lar, que vivam na santidade do matrimônio e formem seus filhos segundo o Evangelho; aos filhos desta casa, que cresçam em sabedoria, graça e santidade, e encontrem a vocação a que Deus os chamou.

E a todos nós, pais e filhos, alcançai-nos a alegria de viver fielmente na Igreja de Cristo, guiados sempre pelo Espírito Santo, para que um dia, após as alegrias e sofrimentos desta vida, mereçamos também nós chegar à casa do Pai, onde vos possamos encontrar, para junto sermos eternamente felizes,
no Cristo, pelo Espírito Santo.
Amém!

Santa ”Ana e São Joaquim, rogai por nós!

Você está em:

Fratelli Tutti aponta caminho da fraternidade e da amizade social

O Papa Francisco tem um grande desejo de que, como humanidade, “possamos reviver em todos a aspiração mundial à fraternidade”. Esse ideal é apontado em sua encíclica Fratelli Tutti e foi lembrado recentemente, quando refletiu sobre a dignidade humana com os participantes da Assembleia Plenária da Congregação para a Doutrina da Fé.

“Se a fraternidade é o destino que o Criador projetou para o caminho da humanidade, o caminho principal continua sendo o de reconhecer a dignidade de cada pessoa humana”, refletiu o Papa Francisco.

O Pontífice contextualizou que em uma época marcada por tantas tensões sociais, políticas e até sanitárias, cresce a tentação de considerar o outro como um estranho ou um inimigo, negando-lhe uma real dignidade. Por isso, como cristãos, somos chamados a recordar, “em todas as ocasiões oportunas e não oportunas” (2 Tm 4,2), e seguindo fielmente um ensinamento eclesial milenar, que a dignidade de cada ser humano tem um caráter intrínseco e é válido desde o momento de sua concepção até sua morte natural”.

Para além de um compromisso cristão, o amor fraterno que se apresenta a partir das reflexões contidas na Fratelli Tutti tem um caráter alargador, no sentido de abrir-se aos outros ao focalizar sua “dimensão universal”.

“Reconheço esta encíclica social como uma humilde contribuição à reflexão para que, diante das diferentes formas atuais de eliminar ou ignorar os outros, possamos reagir com um novo sonho de fraternidade e amizade social que não se limite às palavras. Embora o tenha escrito a partir das minhas convicções cristãs, procurei fazê-lo para que a reflexão se abra ao diálogo com todas as pessoas de boa vontade”, destacou o Papa.

No Brasil, o texto do Papa Francisco tem sido importante instrumento de diálogo entre Igreja e sociedade, transmitindo aos agentes que atuam nas esferas públicas, políticas e acadêmicas a compreensão sobre a abertura ao mundo e aos outros, a amizade social, os caminhos para construção da paz e sobre as religiões ao serviço da fraternidade no mundo.

Fratelli Tutti

Você está em:

Hoje é um dia especial para a Família Faço Parte pela oportunidade de agradecer. Muito obrigada por ajudar a amparar as idosas da casa Santa Zita.

A sua contribuição também ajuda a confortar tantos e tantos corações, a partir das transmissões das Missas e momentos de oração do Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade – Padroeira de Minas Gerais.

Neste mês de julho, dedicado à celebração de Santana e São Joaquim , avós de Jesus, e a todos os avós,   nossa gratidão a você que  gosta de dizer: “Eu faço parte da Família dos Devotos de Nossa Senhora da Piedade”, por nos ajudar a transformar nossa fé em gestos de amor aos nossos irmãos mais velhos.

Agradecemos muito a Deus por temos você com a gente e pedimos a Santana, a mãe de Nossa Senhora,  que interceda por você seus familiares.

Oração a Santana e São Joaquim

Senhora Santa Ana, fostes chamada por Deus a colaborar na salvação do mundo.
Seguindo os caminhos da Providência Divina, recebeste São Joaquim por esposo. Deste vosso matrimônio, vivido em santidade, nasceu Maria Santíssima, que seria a Mãe de Jesus Cristo. Formando, vós, família tão santa, confiantes nós vos pedimos por nossa família. Amém!

Alcançai-nos a todos as graças de Deus: aos pais deste lar, que vivam na santidade do matrimônio e formem seus filhos segundo o Evangelho; aos filhos desta casa, que cresçam em sabedoria, graça e santidade, e encontrem a vocação a que Deus os chamou.

E a todos nós, pais e filhos, alcançai-nos a alegria de viver fielmente na Igreja de Cristo, guiados sempre pelo Espírito Santo, para que um dia, após as alegrias e sofrimentos desta vida, mereçamos também nós chegar à casa do Pai, onde vos possamos encontrar, para junto sermos eternamente felizes,
no Cristo, pelo Espírito Santo.
Amém!

Santa ”Ana e São Joaquim, rogai por nós!