Você está em:

Depoimento: Dom Guilherme Porto, bispo diocesano de Sete Lagoas

Contemplado do ângulo que se preferir, o Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade aparece sempre emoldurado por um horizonte encantador.

A Ermida, pequenina na imensidade da Serra, ergue-se em meio às brumas sempre ali freqüentes e abundantes, e, guarda entre as suas paredes centenárias a veneranda imagem, que o gênio iluminado do Aleijadinho fez brotar de um bloco único de jacarandá da mata.

A devoção de milhares de mineiros sempre inspirou a visita, pelo menos anual, do Santuário e vem crescendo, ao longo dos últimos anos, graças ao trabalho da Arquidiocese de Belo Horizonte.

No dia 31 de julho deste ano, tive a alegria de participar da Solene concelebração comemorativa do Jubileu de Ouro da oficialização da consagração de Nossa Senhora da Piedade, como Padroeira de Minas Gerais.

Faço votos que muitas e muitos mineiros tenham a alegria que tive de conhecer esse Santuário.

Dom Guilherme Porto
bispo diocesano de Sete Lagoas