Você está em:

Comunidades de fé celebram o Dia Mundial dos Pobres – 15 de novembro

As comunidades de fé celebram, no dia 15 de novembro, o Dia Mundial dos Pobres. Durante todo o mês, as paróquias da Arquidiocese de Belo Horizonte, em sintonia com a iniciativa Solidariedade em Rede, intensificam seus gestos de amor ao próximo e de ajuda aos mais pobres.

Em mensagem especial para a IV Jornada Mundial dos Pobres (JMP), dom Walmor Oliveira de Azevedo,  ressalta: “Entre os muitos males que ameaçam o mundo, está a pobreza e o crescente vazio existencial. Ambos ameaçam a vida e ferem a dignidade humana”. Segundo o arcebispo, “a solidariedade pode tornar-se o antídoto poderoso para enfrentar esses dois males”, e ensina: “a pobreza e a miséria devem causar inquietação e se desdobrar em ações transformadoras”.

Confira a mensagem de dom Walmor para o Dia Mundial dos Pobres

Programação para o Dia Mundial dos Pobres na Arquidiocese de BH 

À luz das orientações do Arcebispo, na sexta-feira, dia 20 de novembroo Vicariato para Ação Social, Política e Ambiental (Veaspam) da Arquidiocese de BH dedica momento especial de partilha e amparo aos moradores de rua, dando continuidade aos trabalhos  da iniciativa Canto da Rua Emergecial, na Serraria Souza Pinto, que desde o dia 13 de junho de 2020 oferece serviços de saúde, higiene, alimentação e assistência social às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

No local, as pessoas em situação de rua podem procurar informações sobre documentos, fazer denúncia a respeito de violência e  buscar esclarecimentos com relação aos direitos humanos. O objetivo é proporcionar atenção integrada dentro da concepção de garantia de direitos e promover ações de cuidados, proteção e informação. Toda a estrutura, por meio da interlocução com o Comitê da COVID-19, respeita as orientações de distanciamento social, uso e distribuição de máscaras, higienização de mãos e do próprio espaço, com planejamento para evitar aglomeração.

Confira a programação e ações nas paróquias: 

Santuário Nossa Senhora da Conceição dos Pobres – bairro Lagoinha 

Missa no sábado, dia 21 de novembro, às 11h. Após a Celebração Eucarística, o Santuário Nossa Senhora da Conceição dos Pobres organiza momento de partilha para oferecer almoço aos moradores de rua.

Mais informações pelo número (31)3422-6966.

Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu – bairro Graça

No contexto da II Semana Social, Política e Ambiental, o Santuário São Judas Tadeu organiza suas ações por meio da Pastoral de Rua (Movimento Amor). Confira:

14 de novembro, às 8h: Café com fé e Afeto, dedicado aos moradores em situação de rua.

– 15 de novembro, às 11h:  Entrega de marmitex aos moradores em situação de rua.

– 15 de novembro, durante as Celebrações Eucarísticas: Gesto Concreto da Comunidade Paroquial doando alimentos e itens de limpeza durante as celebrações

– 16 a 25 de novembro – Separação e entrega das doações a pessoas em situação de vulnerabilidade social, por meio dos membros da Pastoral Social

Mais informações pelos números (31) 2526-4648 e (31) 2526-4164.

Paróquia Nossa Senhor a de Guadalupe – bairro Céu Azul

Durante o mês de novembro, a Paróquia está realizando ações de amparo espiritual e material a famílias pobres. E os mantimentos doados pela comunidade serão entregues, no domingo, dia 15 de novembro. Ainda nesse domingo, as preces, durante todas as Celebrações, serão dedicadas ao Dia Mundial dos Pobres.

Mais informações de Missas e doações pelo número (31)3496-3924.

Paróquia Nossa Senhora da Paz – bairro Guarani

Celebração Eucarística do Dia Mundial dos Pobres no domingo, dia 22 de novembro, às 12h. Após a Missa, serão distribuídas refeições a moradores de rua acolhidos pelo Abrigo São Paulo e Vila Maristela.

Mais informações de Missas e doações pelo número (31)3433-0476. 

Paróquia São José Operário – Aarão Reis

Domingo, 22 de novembro, às 12h –  Celebração da Palavra e almoço na Comunidade Vila Verde.

Mais informações pelos números (31)3445-2777 / 3433-0323. 

Paróquia São José – Vespasiano

Celebração Eucarística no dia 20 de novembro, às 19h, na Comunidade Santa Clara, com a participação das pastorais sociais da paróquia: Sobriedade, Carcerária e dos Vicentinos.

Mais informações pelos números (31)3621-5938 / 3621-5853.

Sobre o Dia Mundial dos Pobres 

Há quatro anos, com a instituição do Dia dos Pobres, o Papa Francisco convoca a Igreja a olhar, refletir, agir, rezar e estar com os pobres. Na mensagem deste ano o Santo Padre faz a seguinte reflexão: “O encontro com uma pessoa em condições de pobreza não cessa de nos provocar e questionar. Como podemos contribuir para eliminar ou pelo menos aliviar a sua marginalização e o seu sofrimento? A comunidade cristã é chamada a coenvolver-se”.

No dia 20 de novembro de 2016, na conclusão do Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, o Papa Francisco instituiu o Dia Mundial dos Pobres e em sua mensagem para essa importante data, o Santo padre afirmou: “Este dia pretende estimular, em primeiro lugar, os crentes, para que reajam à cultura do descarte e do desperdício, assumindo a cultura do encontro. Ao mesmo tempo, o convite é dirigido a todos, independentemente da sua pertença religiosa, para que se abram à partilha com os pobres em todas as formas de solidariedade, como sinal concreto de fraternidade”.

No Brasil, a CNBB confiou à Cáritas Brasileira a animação e a mobilização do Dia Mundial dos Pobres. A entidade, nesse período, já realizava a Semana da Solidariedade – para pensar e agir por um país justo, fraterno, igualitário, solidário e amoroso, por ocasião de seu aniversário de fundação, 12 de novembro de 1956. Com isso, a Igreja do Brasil assume a Jornada Mundial dos Pobres.

Mobilização

Em atenção à crescente pobreza, em sintonia com Papa Francisco e com a Igreja do Brasil, numa ação conjunta, a Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da CNBB, o Setor de Campanhas da CNBB, o Setor de Comunicação da CNBB, a Cáritas Brasileira, a Pastoral da Mulher Marginalizada, a Pastoral do Povo de Rua, a Pastoral Operária, a Pastoral Carcerária, o Conselho Pastoral dos Pescadores, o Conselho Nacional do Laicato do Brasil, o Serviço Pastoral dos Migrantes, a Articulação das Pastorais do Campo, a Rede de Notícias da Amazônia e a Signis Brasil apresentam o material destinado à mobilização da Jornada Mundial dos Pobres de 2020, realizada de 8 a 15 de novembro. A proposta é estar com as pessoas em situação de pobreza, rezar com elas e também lutar por políticas públicas, econômicas, reformas dos programas sociais e ações de erradicação da extrema pobreza e combate à desigualdade social.