Você está em:

Catedral Cristo Rei: educadores são homenageados na abertura do Tríduo Pascal


A Missa com o rito de Lava-pés na Catedral Cristo Rei, abertura do Tríduo Pascal, ápice da Semana Santa, foi celebrada em sintonia com a Campanha da Fraternidade 2022, de tema Fraternidade e Educação. De modo reverente àqueles que se dedicam ao ensino, dom Walmor repetiu o gesto de Jesus na Última Ceia e lavou os pés de um grupo de educadores.

Pouco antes, na homilia, dom Walmor dedicou reflexão sobre o gesto de Jesus, que entregou a sua vida para a salvação da humanidade. “O gesto de Jesus nos desconserta. Jesus pede-nos a competência humana e espiritual de nos oferecer.” Ao lavar os pés de seus discípulos, conforme explicou dom Walmor, o Filho de Deus ensinou que para participar da sua Páscoa é preciso cultivar gestos de solidariedade.

Nesta perspectiva, dom Walmor disse que cada pessoa precisa voltar o seu olhar para o mundo da educação, contribuindo na sensibilização daqueles que governam para mais valorizarem os professores, a escutarem e apoiarem aqueles que precisam de ajuda, em sintonia com todos que são servidos pela educação. “Precisamos muito investir na educação para que a sociedade brasileira supere desigualdades”.

Sobre o Tríduo Pascal, dom Walmor sublinhou que é o ápice do grande retiro espiritual – a Semana Santa. A Missa da Ceia do Senhor, com o rito de Lava-pés, é a celebração de dois grandes dons que a humanidade recebe: “O dom da Eucaristia, centro e ápice da nossa vida cristã.” Também o dom do sacerdócio. “Dons para ajudar o povo a se banhar na força do amor.”

Ao final da Missa, o Arcebispo conduziu momento de Adoração ao Santíssimo Sacramento, precedido de uma procissão pelo interior da Catedral Cristo Rei com a assembleia de fiéis.