Você está em:

Casa Santa Zita celebra Dia do Idoso com programação especial – de 29 de setembro a 1º de outubro

Em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa Idosa (1° de outubro), a Casa Santa Zita – instituição da Arquidiocese de Belo Horizonte que ampara senhoras – promove uma semana comemorativa, com a realização de diversas atividades. Nos dias 29 e 30 de setembro, a iniciativa “Arte nos Lares”, promovida pelo Movimento Gentileza, irá presentear a Casa Santa Zita com um lindo painel de grafite criado pela artista mineira Dninja.

Já na sexta-feira, 1° de outubro, a Casa Santa Zita realiza uma Missa em Ação de Graças pelo Dia Internacional da Pessoa Idosa, às 15h, com transmissão pelo canal da Providens no YouTube, dedicada também às demais Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) da cidade. A Missa será celebrada pelo vigário episcopal para Ação Social, Política e Ambiental da Arquidiocese de Belo Horizonte, Padre Júlio César Amaral.  O canal da Providens no YouTube pode ser visitado (CLICANDO AQUI).

Logo após a celebração, haverá a apresentação da arte produzida pela artista Dninja. 

Sobre a Iniciativa Arte nos Lares e o Movimento Gentileza 

O Arte nos Lares é uma iniciativa do Movimento Gentileza, idealizado e dirigido pela voluntária social e primeira-dama de Belo Horizonte, Ana Laender, para levar mais cor e alegria para as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) da cidade. Criado em 2018, o projeto já passou por sete das 28 instituições filantrópicas da cidade, mas foi interrompido no ano passado em função da pandemia. A partir de agora,  serão mais 21 edições com 21 artistas diferentes até março de 2022.  

Sobre a artista Dninja 

Denise Sobrinho, a Dninja, é pioneira do graffiti em Minas Gerais e uma das primeiras mulheres na arte de rua do Brasil. Com 23 anos de graffiti, ela vem desenvolvendo uma linha de trabalho caracterizada pela presença de letras estilizadas entrelaçadas com personagens do seu imaginário, nomeados pela própria artista como ”bichos coisa”. 

Ela explora também os estudos voltados para a pintura clássica e realista; ilustrações; cartoons e ainda se aventura em desenvolver esculturas de seus personagens. Suas inspirações são a natureza, a cultura, a música e a personalidade humana. Sua arte passou por vários países: Peru, Uruguai, Chile, Alemanha, França e Holanda. É reconhecida também  em várias regiões do Brasil.