Você está em:

Candidatos ao diaconato permanente visitam Presépio da Arquidiocese de BH

Quinze candidatos em preparação para o diaconato permanente vão ao Palácio Cristo Rei nesta quarta-feira visitar o presépio da Arquidiocese de Belo Horizonte. Eles estarão acompanhados pelos padres Nivaldo dos Santos Ferreira, Evandro Campos Maria e Marcelo do Carmo Ferreira, responsáveis pela Escola Diaconal.

Assim como padres e bispos, os diáconos compõem a hierarquia da Igreja. Com a ordenação, o diácono deixa de ser leigo e passa a fazer parte do clero. Recebe um Sacramento que o faz diácono por toda a eternidade. Diferentemente de padres e bispos, o diácono pode casar-se. Além do diácono permanente, existe o diácono transitório, que é aquele que recebe o Sacramento da Ordem no grau diaconal para posteriormente receber o Sacramento da Ordem no grau presbiteral, tornando-se padre. Já o diácono permanente, sendo casado, não pode ascender ao grau de padre, portanto, é permanentemente diácono. O diácono deve dedicar a vida ao serviço, seguindo os ensinamentos de Cristo. Diaconia significa servir. Entre outras atividades, pode celebrar batismos e casamentos, além de abençoar fiéis.

A visita ao presépio será às 18h30 desta quarta-feira. O Palácio Cristo Rei está de portas abertas até o próximo dia 6, das 7h às 23h, para que os fiéis visitem o presépio. O endereço é Praça da Liberdade, 263, bairro Funcionários.