Você está em:

Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe apresenta os 12 desafios pastorais da Igreja para a Região

A Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, em sua conclusão, apresentou os desafios que devem orientar e motivar a vida pastoral do povo latino-americano e caribenho.  As indicações são fruto de atenta escuta da Igreja em todos os países da região, com as muitas contribuições orientando os trabalhos daqueles que representaram as comunidades eclesiais, durante a Assembleia. Grupos foram formados no penúltimo dia do Encontro e, a partir das reflexões, das partilhas, foram delineados os 12 desafios pastorais da Igreja na América Latina e no Caribe, destacados a seguir:

1. Reconhecer e valorizar o papel dos jovens na comunidade eclesial e
na sociedade como agentes de transformação.

2. Acompanhar as vítimas de injustiças sociais e eclesiais com processos de reconhecimento e reparação.
3. Promover a participação ativa das mulheres em ministérios, órgãos governamentais,
discernimento e tomada de decisões eclesiais.

4. Promover e defender a dignidade da vida e da pessoa humana desde a sua concepção até o seu fim natural.
5. Aumentar a formação da sinodalidade para erradicar o clericalismo.
6. Promover a participação dos leigos em espaços de transformação cultural, política, social e eclesial.
7. Ouvir o grito dos pobres, excluídos e descartados.
8. Reformar os itinerários formativos dos seminários, incluindo temas como ecologia integral,
povos nativos, inculturação e interculturalidade e pensamento social da Igreja.

9. Renovar, à luz da Palavra de Deus e do Vaticano II, nosso conceito e experiência da Igreja do Povo de DEUS, em comunhão com a riqueza de sua ministerialidade,
que evita o clericalismo e favorece a conversão pastoral.

10. Reafirmar e dar prioridade a uma ecologia integral em nossas comunidades
a partir dos quatro sonhos da Querida Amazônia.

11. Promover um encontro pessoal com Jesus Cristo encarnado na realidade do continente.
12. Acompanhar os povos nativos e afrodescendentes na defesa da vida, da terra e das culturas.

A Assembleia da América Latina e do Caribe foi realizada no México, com representantes de diferentes países participando também de modo telepresencial, de 21 a 28 de novembro. Um evento que conclui amplo processo de escuta da população da América Latina e do Caribe.