Você está em:

Artistas mineiros fazem live em apoio ao trabalho da Igreja junto aos povos do Amazonas

Desde o início da pandemia da Covid-19 no Brasil diversas iniciativas começaram surgir para ajudar os mais prejudicados com o necessário isolamento social. Daí surgiram as famosas lives solidárias, importantes ações com o objetivo de arrecadar recursos para diversas ONGs e instituições que estão lidando no combate ao coronavírus.

E para aquecer ainda mais o coração solidário e animar essa galera que se juntou para estender a mão para os mais necessitados, a banda mineira Jota Quest, vai fazer live neste sábado, dia 6 de junho,  às 20h, na Live Solidária “A voz do coração”, no canal da banda no Youtube.

Todo o dinheiro arrecadado vai ser destinado especificamente para as dioceses e prelazias do Amazonas por meio da campanha “A Amazônia precisa de você”, organizada pelas Pontifícias Obras Missionárias (POM) e Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM-Brasil), com apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Cáritas Brasileira e Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB).

O vocalista do Jota Quest, Rogério Flausino, disse em entrevista ao site das POM, que essa segunda live da banda tem um único objetivo: ser solidária aos mais necessitados, às comunidades ribeirinhas e comunidades indígenas.

“Em nossa primeira live, que ocorreu em 1º de maio, recolhemos doações que foram destinadas a campanhas de ajuda ao nosso estado de Minas Gerais. Desta vez decidimos unir forças para amparar, de alguma forma, regiões que estivessem mais necessitadas em relação aos impactos da Covid-19”, explicou Flausino.

De acordo com o boletim do Ministério da Saúde, divulgado no dia 4 de junho, o estado do Amazonas registava mais de 46 mil casos confirmados e mais de 2, 1 mil óbitos por causa do novo coronavírus.

Segundo Flausino, essa realidade alarmante chamou a atenção da banda. “Vimos o estado do Amazonas como uma região muito mais frágil do que outras. A partir daí, seguimos em busca de entidades idôneas que pudessem nos ajudar nessa missão”, explicou a relação com as organizações que promovem e apoiam a campanha “A Amazônia precisa de você”.

Dados da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) mostram que a taxa de ocupação de leitos de UTI para os pacientes com a COVID-19 ultrapassa 70%. Ainda, de acordo com lideranças, médicos e enfermeiros, faltam equipamentos de proteção individual (EPIs).

“Acho que o que mais nos aflige neste momento é saber que, além de certa insuficiência de leitos de UTIs nos grandes centros, grande parte da população do estado e adjacências vive em áreas de difícil acesso, com logística complicada, onde muitas vezes, a ajuda do poder público não chega”, destacou Rogério Flausino.

O cantor disse ainda que “Nossa intenção é que esta ajuda possa se somar a tantas outras e chegar as comunidades ribeirinhas e comunidades indígenas”.