Você está em:

Arquidiocese de BH cumprimenta dom Eugênio Sales pelos 90 anos de vida

O clero da Arquidiocese de Belo Horizonte cumprimenta com grande alegria o arcebispo emérito do Rio de Janeiro, cardeal dom Eugênio de Araújo Sales, que no dia 8 de novembro completa 90 anos de idade – 67 anos de sacerdócio, sendo  41 anos como cardeal.

A Igreja Católica em todo o Brasil celebra esta data tão especial, lembrando com carinho de dom Eugênio – religioso que dedicou sua vida aos mais simples, aos necessitados e à divulgação do Evangelho de Jesus Cristo.

Arcebispo do Rio de Janeiro entre 1971 e 2001, dom Eugênio, sensível às causas sociais, trabalhou pelas inúmeras pastorais da Igreja. Criou a Pastoral Penal, da Saúde, do Trabalhador, as pastorais das Domésticas e do Menor.

Na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, o cardeal foi secretário do Regional Nordeste 3 (Bahia e Sergipe), membro do Conselho Permanente e presidente do Secretariado de Opinião Pública da entidade, hoje assessoria de imprensa.

Dom Eugênio, que na tarde do dia 3, recebeu do Papa Bento XVI uma carta de felicitações pelo seu 90º aniversário natalício, disse sobre as comemorações: “Desejo fazer dessa festa ponto de continuidade das atividades existentes no Rio de Janeiro”.

Dom Orani Tempesta, Arcebispo metropolitano da Arquidiocese do Rio de Janeiro, presidiu a Celebração Eucarística em ação de graças pelos 90 anos do cardeal dom Eugênio Sales, na Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro, dia 6, com a presença do irmão de dom Eugênio, o Arcebispo emérito de Natal (RN), dom Heitor Sales, de bispos do Brasil, religiosos, padres e da comunidade.

Biografia

Dom Eugênio Sales nasceu dia 8 de novembro de 1920, em Acari (RN). Foi ordenado padre em 21 de novembro de 1943, em Natal. Em 1954, nomeado bispo auxiliar de Natal. Sete anos depois, nomeado administrador apostólico da Arquidiocese potiguar.

Em 9 de julho de 1964, transferido para a Arquidiocese de Salvador (BA), onde permaneceu por seis anos, seguindo para o Rio de Janeiro. O Cardeal Sales permaneceu à frente da Arquidiocese carioca durante 31 anos. Destes 90 anos, 67 são dedicados ao sacerdócio. Neste tempo, sagrou 22 bispos e ordenou 215
sacerdotes.

Entrevista de dom Eugênio à Globo News