Você está em:

Academia de Juristas Católicos e Humanistas da Arquidiocese de Belo Horizonte elege a sua diretoria

A Academia dos Juristas Católicos e Humanistas da Arquidiocese de Belo Horizonte (AJUCH-ABH), em reunião no dia 20 de outubro, com  a orientação do bispo auxiliar dom Geovane Luís da Silva, definiu a sua diretoria. Presidida pelo arcebispo metropolitano de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, a AJUCH-BH tem como diretor-presidente o professor Marciano Seabra de Godoi. O diretor-executivo é o professor Leônidas Meireles Mansur Muniz de Oliveira. Os diretores adjuntos são a professora Valdênia Geralda de Carvalho e o professor Hermes Vilchez Guerrero.

A AJUCH-BH foi instalada em reunião telepresencial presidida por dom Walmor no dia 8 de outubro. Reúne professores de Direito, advogados, procuradores, membros do Poder Judiciário e do Ministério Público e bacharéis em Direito para desenvolverem inciativas que busquem defender a vida e a dignidade da pessoa humana, à luz da Doutrina Social da Igreja Católica e de um constante diálogo com a sociedade e a cultura.

A maior frente de trabalho da AJUCH-ABH será na concretização de um espaço de reflexão e atuação direta na sociedade, chamando a atenção para a necessidade de uma aplicação justa e solidária da legislação brasileira. A Academia também objetiva, a partir do princípio da solidariedade, fortalecer o entendimento de que o ser humano está à frente da ordem econômica. Nesse trabalho, buscará informar as pessoas sobre seus direitos, garantias e deveres fundamentais. A Academia atuará em estreita articulação com a Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Belo Horizonte, com o intuito de promover a defesa da vida, da justiça social e do diálogo com a sociedade.

Para atingir seus objetivos, a Academia dos Juristas Católicos e Humanistas conta com uma equipe de professores especialistas, que se destacam pela busca da efetivação do Humanismo Jurídico. Foram nomeados pelo Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, como membros da Academia, os professores Maria de Fátima Freire e Sá, Rosemiro Pereira Leal, Moacyr Lobato de Campos Filho, Taísa Maria Macena de Lima, José Tarcízio de Almeida Melo, Álvaro Ricardo de Souza Cruz, Marinella Machado de Araújo, Klelia Canabrava Aleixo e Dimas Ferreira Lopes.

A AJUCH-BH irá realizar uma série de atividades, como cursos de formação, congressos temáticos, painéis, colóquios e seminários. Estão previstos também a criação de grupos de pesquisa e produção bibliográfica, a execução de projetos de extensão e o diálogo constante com os diversos setores da sociedade, bem como o apoio e incentivo aos órgãos que promovem políticas públicas, por meio de convênios com diversas entidades de representação dos operadores do direito.