Você está em:

Dom Vicente participa de videoconferência da Comissão Episcopal Pastoral para Cultura e Educação da CNBB

Dom Vicente Ferreira participou de importantes partilhas durante reunião com os bispos e assessores da Comissão Episcopal Pastoral para Cultura e Educação da CNBB.  O encontro, na modalidade telepresencial,  reuniu os responsáveis pelos cinco setores da Comissão:  Universidades, Educação, Ensino Religioso, Cultura e Setor de Bens Culturais.

Durante a videoconferência, foram apresentados os resultados do trabalho referente aos temas prioritários no ano de 2020. Os participantes refletiram sobre os principais assuntos em destaque no painel de trabalho para 2021, dentre eles, a organização da Campanha da Fraternidade do próximo ano, que terá como eixo central a “Educação”.

Também foi debatido a realização da II Reunião dos Colaboradores Nacionais da comissão, que vai acontecer, online, nos dias 23 e 24 de abril. A temática desta reunião será “a Pastoral nos ambientes de educação e cultura no contexto da pandemia da Covid-19”.

Ainda no encontro foi discutido um acordo que está sendo elaborado entre o Setor Bens Culturais e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para cooperação técnica de trabalho conjunto entre as instituições.

Na reunião, também foi formado um grupo de trabalho com bispos e peritos de diferentes áreas que vão produzir o texto central sobre a temática da educação, do ensino básico ao superior para colaborar na preparação do texto-base da Campanha da Fraternidade 2022. Também foi refletido pelo grupo, como será a preparação dos setores da comissão para a acolhida dos cristãos leigos e leigas que vão se sentir motivados para atuar nos ambientes educativos a partir da proposta da CF 2022.

Resultado dos temas prioritários 2020

  • Setor Educação – Preparou um conjunto de reflexões e publicou um e-book com reflexões sobre a Pastoral da Educação na Escola Pública.
  • Setor Universidades – Está produzindo um subsídio sobre um ‘Serviço de Escuta Universitário’ para trabalhar o tema da saúde mental na educação superior.
  • Setor Cultura – Deu início à formulação para a criação e implementação da Pastoral Nacional das Artes e dos Artistas.
  • Setor Ensino Religioso – Está finalizando um subsídio sobre o tema do ensino confessional.
  • Setor Bens Culturais – Está elaborando um subsídio para de captação de recursos no setor privado para o fomento à cultura da promoção, recuperação e salvaguarda de bens culturais.

Atividades dos Setores 2021

  • Setor Educação –  Trabalhará na elaboração de “itinerários formativos para os educadores”.
  • Setor Universidades – Aprofundará o impacto da pandemia novos ensinos (EAD, ensino híbrido, ensino remoto) com estudantes, professores e toda a comunidade acadêmica.
  • Setor Cultura – Trabalhará o tema dos “diálogos das culturas e a fraternidade universal” inspirado na provocação feita pelo Papa Francisco na Encíclica Fratelli Tutti, sobre a fraternidade e a amizade social.
  • Setor de Ensino Religioso – Trabalhará na recepção do estudo sobre a confessionalidade do ensino religioso realizado nos 18 regionais da CNBB.
  • Setor Bens Culturais – Continuará o diálogo intergovernamental em âmbito nacional e local com as instituições do governo que cuidam dos bens patrimoniais.