Iniciativa leva esperança aos acolhidos pela Casa de Apoio à Saúde Nossa Senhora da Conceição e pela Casa Santa Zita

Desde o início de junho, a  Providens – Ação Social Arquidiocesana, com o objetivo de levar mais carinho e aconchego aos acolhidos pela Casa de Apoio à Saúde Nossa Senhora da Conceição e pela Casa Santa Zita, promove momentos de reflexão, humor e espiritualidade por meio da Rádio Pólos de Alegria

Os integrantes da Rádio Pólos de Alegria, observando todos os critérios de prevenção à COVID – 19, desenvolvem atividades musicais, humorísticas, teatrais e com reflexões de fé nas casas. A iniciativa integra a campanha Solidariedade em Rede e ganha ainda mais importância em tempos de pandemia, quando as idosas e os enfermos amparados pelo projeto precisam permanecer em casa, no isolamento social. 

Na Casa de Apoio à Saúde Nossa Senhora da Conceição, as atividades acontecem uma vez na semana, às quartas-feiras. Na Casa Santa Zita, de quinze em quinze dias, às terças-feiras. 

Para Hailton Karran, coordenador de Teatro do Projeto Providência e que hoje está a frente da Rádio Pólos de Alegria, as atividades culturais são muito importantes para que os acolhidos vivenciem momentos de humor e fé, mesmo diante das adversidades. “Os acolhidos estavam acostumados com a presença constante de voluntários. Mas, com a pandemia, as visitas e ações voluntárias tiveram que ser suspensas para garantir a segurança e proteger a saúde dos moradores e equipe de colaboradores. Nesse sentido, a Rádio Pólos de Alegria é uma estratégia importante e necessária aos acolhidos, pois eleva a autoestima e os encoraja a viver este momento com otimismo”, explica. 

A Casa de Apoio à Saúde Nossa Senhora da Conceição

A Casa de Apoio à Saúde Nossa Senhora da Conceição, instituição da Arquidiocese de Belo Horizonte, além de cuidar da saúde física dos enfermos, dedica especial atenção ao bem-estar psicológico e emocional dos acolhidos. Para elevar a autoestima de dependentes químicos e pessoas em situação de rua que se recuperam de enfermidades, após alta hospitalar, a instituição organizou um mutirão de cuidados pessoais, que também foi dedicado a iniciativas de partilha e solidariedade. 

A Casa Santa Zita 

A Casa Santa Zita, instituição da Arquidiocese de Belo Horizonte, acolhe idosas oferecendo moradia, assistência médica, social e humana, promovendo, durante todo o ano, iniciativas que visam preservar a integridade espiritual, física e psicológica das senhoras. A missão da Casa Santa Zita é proteger as idosas, visando assegurar-lhes todos os seus direitos.

VEJA TAMBÉM