Você está em:

Vocação sacerdotal: Revista Encontro destaca padres da Arquidiocese

A edição de março da Revista Encontro conta a história dos padres Hélio e Paulo da Silveira, pai e filho, respectivamente. A reportagem, da jornalista Ludmylla Sá, conta que padre Hélio, antes do sacerdócio, foi um dos primeiros ministros da Eucaristia no Brasil. Pai de cinco filhos, após tornar-se viúvo, decidiu seguir a vida monástica. Contudo, atendendo ao apelo dos filhos e a partir de um período de discernimento, decidiu ingressar no Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus. “Ele sempre foi uma pessoa muito desprendida das coisas, acho que estava muito forte no coração dele”, contou o padre Paulo, em depoimento sobre o pai.

A história do padre Paulo também é bastante curiosa. Ele era ateu e se converteu ao cristianismo no período em que cursava a graduação em História, na década de 1980. O padre conta que um professor da disciplina cultura religiosa, chamado José Fernandes, que era sacerdote, o inspirou neste caminho da conversão. De acordo com o padre Paulo, a decisão de seguir a vocação sacerdotal  o aproximou de seu pai. “Posso dizer com a mais pura sinceridade. Sempre fui um filho muito rebelde e a Igreja nos aproximou, nos fez cúmplices”, revelou.  Hoje, os dois sacerdotes são responsáveis pela Paróquia Santa Edith Stein.

O texto completo pode ser lido na Revista Encontro, edição de março, páginas 20 e 21.