Você está em:

República Reviver comemora a concessão de 29 Bolsas Moradia


  Alegria e esperança marcam  conquista de uma nova etapa de vida
 

Moradores da República Reviver – um Serviço da Arquidiocese de Belo Horizonte de acolhimento em repúblicas para adultos em processo de saída das ruas – são beneficiados com a concessão de 29 bolsas moradia. Um importante passo para quem conseguiu superar a situação de rua,  reaprendeu a conviver em comunidade e, agora, conta com a oportunidade de ter um lugar para morar e recomeçar vida nova. Uma conquista que resulta de intenso trabalho do Vicariato para a Ação Social e Política da Arquidiocese de BH junto a essa população e à articulação com poder público.  A assinatura do termo de adesão pelos moradores, que garante a inclusão no Programa Bolsa Moradiano dia 3 de julho, na sede do Programa- Rua Tupis, 149 -13º andar.

 

Morador da República Reviver assina documento de concessão do bolsa moradia

O Bolsa Moradia garante auxílio-aluguel no valor de R$ 500,00 e tem por finalidade assegurar a seus beneficiários o imediato assentamento em imóvel em boas condições de uso.  É destinado às famílias removidas de áreas de risco geológico ou para a execução de obras públicas, como também à população moradora de rua em situação de risco social.

Durante o período em que recebem a bolsa, os beneficiados pelo Programa são integrados ao Serviço de Acompanhamento Sociofamiliar do Bolsa Moradia. Um passo importante, pois a equipe de educadores sociais da República Reviver entende que a concessão deste benefício é mais um indicativo da superação da situação de vulnerabilidade em que essas pessoas se encontravam anteriormente. Um marco na reconstrução da cidadania, no acesso aos direitos, à qualidade de vida e à busca de autonomia.

Servir e amar o próximo

A República Reviver é um serviço realizado em unidade de acolhimento que oferta, além da moradia subsidiada, proteção socioassistencial e o apoio a pessoas adultas com vivência de rua, em fase de reinserção social. Motivado pelo chamado cristão de servir e amar o próximo,  é um dos projetos do Vicariato Episcopal de Ação Social e Política da Arquidiocese de BH – Providência Nossa Senhora da Conceição, em convênio com o poder público, que oferece moradia por um período máximo de um ano e seis meses a usuários adultos, com idade entre 18 e 60 anos.

Na República, os usuários contam com refeitório onde podem se alimentar com tranquilidade e conforto, dormitório com armários individuais, lavanderia e espaço para realizarem a higiene pessoal. No dia a dia, faz atendimentos e encaminhamentos sociais junto ao público, na perspectiva da promoção social, potencializando a reintegração familiar e comunitária. A relevância desse serviço manifesta-se pelo oferecimento de um atendimento diferenciado à população de rua.

Um trabalho em comunidade

 


Voluntários e moradores da República Reviver trabalham juntos no resgate da cidadania

O Serviço é desenvolvido em sistema de cogestão, onde os usuários participam da execução de atividades rotineiras da unidade e integram-se à equipe de trabalho em determinadas decisões pertinentes ao grupo, cuja responsabilidade é compartilhada por todos. Nesta perspectiva, há o favorecimento para gradual autonomia e independência de seus moradores e construção progressiva da inclusão social, comunitária e superação da situação de rua.

 

As pessoas atendidas trazem em sua história a vivência na rua, sendo este o principal requisito para a inserção no Serviço, por meio dos órgãos encaminhadores voltados para o atendimento à população de rua.  Para sua inserção na unidade, além de ter como projeto pessoal a saída das ruas, é fundamental que o usuário tenha a perspectiva de superação da situação de vulnerabilidade e de restabelecimento dos vínculos familiares e/ou sociais.

Os princípios que a República Reviver adota são os que podem levar à convivência desejada e ao desenvolvimento da autonomia pessoal e coletiva, mediante a observação de valores como o respeito às diferenças, solidariedade, responsabilidade, cooperação e cordialidade.