Você está em:

PUC Minas: dom Joaquim Mol celebra Missa em homenagem aos professores

O bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte e reitor da PUC Minas, dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, presidiu, nessa quarta-feira, dia 17, uma Missa em Ação de Graças pelo Dia dos Professores, comemorado no dia 15 de outubro. Participaram da celebração, realizada no campus Coração Eucarístico, os padres João Nogueira Pereira e Ibraim Vítor de Oliveira e os diáconos Paulo Taitson e Dimas Ferreira Lopes, que também são professores da Universidade.

Durante a homilia, dom Joaquim Mol enfatizou a importância dos educadores, que têm a missão de preparar alunos para a profissão, mas que, acima de tudo, devem prepará-los para a vida. Referiu-se aos mestres espalhados pelo País, lembrou-se “daqueles que nos marcaram durante a vida” e disse que é preciso agradecer pelos pequenos sinais que surgem de revalorização dos professores. “Precisamos manter viva nossa esperança de vê-los valorizados no País e no mundo”.

Ao final, o reitor relembrou duas figuras marcantes que devem ser tomadas como referência: Jesus, o Mestre das palavras e das letras (“Se Ele estivesse aqui talvez fosse professor”); e uma freira, “uma mulher do nosso cotidiano, de pouco mais de 70 anos”. Ele contou que essa mulher, que foi madre superiora de uma congregação, um pouco cansada das funções administrativas, deseja agora ser uma espécie de eremita urbana, estar “onde a vida ferve”. Durante uma parte do dia, disse dom Joaquim Mol, ela quer recostar a cabeça nos ombros do Senhor, para que na outra parte do tempo possa acolher as pessoas. “Aquilo que ela ouve do Senhor de manhã, quer transmitir para as pessoas à tarde. Que cada professor encontre nos ombros do Senhor o que necessita para sua vida e, fortalecido com essa intimidade, possa oferecer seu ombro àqueles que precisarem”.