Você está em:

Paróquia cria 90 vagas para cursos técnicos no bairro Santa Inês

Os cursos  da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré têm o mesmo modelo dos que são oferecidos no Santuário São Judas Tadeu (foto Marcos Figueiredo)

A Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, no Bairro Santa Inês, começa nova e arrojada etapa de sua ação social oferecendo à comunidade cursos técnicos profissionalizantes e atividades culturais, a partir dos próximos meses.

Para acolher os alunos e professores, o Centro Cultural passou por ampla reforma. O local, antes ocupado pelo Posto de Saúde da Prefeitura- que ganhou nova estrutura em outro endereço-, foi totalmente remodelado.

 

Foram construídas cinco salas amplas, quatro banheiros, dois deles adaptados para pessoas com deficiência, biblioteca e uma sala para a Associação Social Paróquia Santa Inês (Aspsi) , que administra  as obras sociais. No local, irão funcionar banda infantil, grupo de canto coral, oficinas de teatro e de danças folclóricas e populares, em um projeto  que contará com a parceria com a Cemig e o Ministério da Cultura.

E por meio de outra parceria, do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)/ Coltec,  serão ministrados cursos oito cursos. Serãio 90 vagas destinadas à formação de auxiliar de contabilidade,  informação e comunicação, agentes de gestão de resíduos sólidos, auxiliar de saúde bucal, cuidador de idoso, cuidador infantil , gestão de negócios e operador de computador.

O coordenador dos trabalhos, Marcos Aurélio Leão, explica que as parcerias e os cursos têm o mesmo modelo dos que são oferecidos no Santuário São Judas Tadeu, e que estão se concretizando na Paróquia Nossa Senhora de Nazaré graças à mobilização da comunidade. “O ensitusiasmo é geral. A gente pode ver a alegria no rosto das pessoas. De fato, esses cursos serão muito importantes para toda comunidade”, afirma o pároco, padre Lydio de Miranda Murta.

Ginásio Poliesportivo

 

O Ginásio Monsenhor Lydio Miranda Murta foi inaugurado em 2013 e, recentemente, recebeu sistema de áudio e vídeo (foto Gustavo Drumond)

A construção de um Ginário Poliesportivo é outra marca da determinação da comunidade.  Com capacidade para um público de mil pessoas, no local, podem ser realizados jogos de  vôlei, handbol, peteca e futsal. Para o basquete, ainda faltam as cestas que, segundo Marcão, futuramente deverão ser instaladas. A estrutura comporta ainda seis cabines de rádio, duas e televisão,  duas saunas, posto médico, três vestiários e uma sala para atividades físicas.

 

A inauguração da estrutura física ocorreu em 2013, com a presença do arcebispo, dom Walmor Oliveira de Azevedo, do pároco, padre Lydio, do vigário paroquial, padre Márcio Paiva e autoridades. Após a instalação do sistema de áudio e vídeo, concluída há poucos dias, o Ginásio Monsenhor Lydio Miranda Murta – nome escolhido pela comunidade para homenagear o pároco – está pronto para  receber as equipes esportivas.


Senhoras da comunidade realizam atividades em prol das obras sociais

 

Além do ginásio e dos cursos profissionalizantes, a Paróquia Nossa Senhora de Nazaré tem uma obra social já consolidada, que reúne o tra balho dos Vicentinos, com atendicimento 30 famílias necessitadas e os grupos Comeia e Mãos Entrelaçadas.  Eles são integrados por senhoras da comunidade que se reúnem para fazer crochê, bordado e outros trabalhos manuais .  No final do ano, tudo que é produzido por elas, é vendido em um grande bazar, com renda revertida para as obras sociais da igreja.

Outra iniciativa de sucesso do Grupo Colmeia é o tradicional chá que, anualmente, reúne familiares dos participantes e moradores da região para gerar recursos para a compra de material. As pessoas adquirem o ingresso e se divertem com o sorteio de brindes e o convívio alegre em torno da mesa farta e variada.

A coordenadora do grupo, Beatriz Zaforlin,  ressalva que não se trata de escola de trabalhos manuais, mas de um lugar onde cada pessoa contribui para o aprimoramento e crescimento da outra. “Algumas ingressaram fazendo trabalhos muito simples e hoje conseguem resultados bastante sofisticados, o que melhora muito a autoestima, criando espaço favorável para cultivarmos a espiritualidade”.
 


Dom Walmor preside Missa, concelebrada pelo padre Márcio Paiva e monsenhor Lydio,  na inauguração do Ginásio

 

 

 


Monsenhor Lydio é homenageado após celebração de investidura dos coroinhas