Você está em:

Parlamento Jovem: plenária final será nesta sexta, dia 29

Jovens de Belo Horizonte e de 15 cidades do interior apresentam propostas para uma educação cidadã, no documento base da edição deste ano do projeto Parlamento Jovem Minas. As atividades são monitoradas por professores dos cursos de Ciências Sociais e Serviço Social da PUC Minas.

Nesta sexta-feira, 29 de junho, a partir das 14h, os representantes das 16 cidades que integram o Parlamento Jovem 2012 reúnem-se na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para votar as propostas que serão encaminhadas à Comissão de Participação Popular. Com a tramitação, algumas podem, inclusive, ser incorporadas a projetos dos deputados e virar leis estaduais.

São 45 propostas que compõem o documento base da edição deste ano do projeto Parlamento Jovem Minas. Entre elas estão a inclusão da política como tema nos currículos das disciplinas de Sociologia e História; parcerias entre governo estadual e empresas privadas para viabilizar cursos profissionalizantes de informática para estudantes da rede pública, mediante incentivo fiscal; desenvolvimento de projetos que, por meio de fóruns e conferências, com a participação integrada de escolas e sociedade, mobilizem a comunidade contra qualquer discriminação de gênero, sexo ou etnia.

Este é o terceiro ano desde a ampliação da iniciativa para municípios do interior do Estado. Participam desta edição as cidades de Belo Horizonte, Carandaí, Ouro Preto, Carantinga, Nova Serrana, Montes Claros, João Monlevade, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Juiz de Fora, Visconde do Rio Branco, Santos Dumont, Viçosa, Iturama, Leopoldina e Espera Feliz. Em cada cidade, o projeto conta com a coordenação das respectivas câmaras municipais e apoio de outras instituições de ensino superior.

O projeto

O Parlamento Jovem (PJ) é um projeto de extensão universitária, que possibilita aos jovens conhecer o funcionamento do legislativo e as outras estruturas de ação do Estado, além de criar oportunidades para o protagonismo juvenil.