Você está em:

Para que servem as minhas quedas?

O pior erro é aquele que não se aprende nada com ele.

A própria vida nos ensina, com sua maneira silenciosa, através dos fatos. Veja, por exemplo, como as crianças aprendem andar? Caindo! Uma, duas, muitas vezes, sem desistir, seguindo uma intuição que a cada queda se aprende uma nova maneira de recomeçar a andar.

O mesmo acontece conosco se colocamos os olhos sobre os nossos erros dessa forma. Errar não é o problema maior e sim , não aprender com esse erro uma nova maneira de ser melhor, ser mais santo.

 

Posso testemunhar a você que foi justamente em meus maiores erros que pude também experimentar a mão de Deus me reerguendo e me fazendo melhor. Faça uma leitura de suas quedas, veja se você já aprendeu tudo o quanto elas poderiam ensinar.

 

Acolha as suas quedas, mas não pare nelas, lute, lute, busque ajuda, deixe-se ser acompanhado, faça dos seus erros uma verdadeira escola de santidade

Olhe sem medo os seus erros de frente. São Paulo dizia de si mesmo “Faço o mal que não quero e não consigo fazer o bem que quero”. 

 

Veja que lindo, ele foi um homem ciente de suas fraquezas e limitações, mas nem por isso deixou-se ficar em baixo por suas quedas, aprendeu com a própria vida que “onde abundou o pecado superabundou a graça”.

 

Acolha as suas quedas, mas não pare nelas, lute, lute, busque ajuda, deixe-se ser acompanhado….faça dos seus erros uma verdadeira escola de santidade.

Sabe qual será sua maior surpresa, quanto mais você aprender a reconhecer seus erros, aprender com suas quedas, mais rapidamente você não mais cometerá esses erros e não mais terá as mesmas quedas. Isso é aprender a viver, isso é santidade.

 

Lúcio Domício
Consagrado da Comunidade Canção Nova