Você está em:

Papa nomeia dom Walmor membro da Congregação para as Igrejas Orientais

O arcebispo metropolitano de Belo Horizonte (MG), dom Walmor Oliveira de Azevedo, foi nomeado pelo Papa Francisco, nesta quarta-feira, dia 19, membro da Congregação para as Igrejas Orientais.

Desde 2010, o Arcebispo é referencial para os fiéis católicos de Rito Oriental residentes no Brasil e desprovidos de ordinário do próprio rito.

A Congregação para as Igrejas orientais tem sede em Roma e é composta por um Prefeito Cardeal, 27 cardeais, um arcebispo e 4 bispos nomeados pelo Papa. Também são membros, os Patriarcas e Arcebispos Maiores das Igrejas Orientais e o Presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos.

A Congregação é responsável por promover a unidade entre as igrejas orientais católicas. Busca incentivar o crescimento e assegurar os direitos, como a integridade do patrimônio litúrgico, disciplinar e espiritual nas várias tradições cristãs orientais.

Mensagem do Arcebispo

“Sinto-me honrado com a confiança do Papa Francisco. Recebo esta indicação como um convite a servir mais.

O trabalho nesta Congregação exigirá muito estudo e dedicação ainda maior à pesquisa para melhor auxiliar o Papa Francisco na missão de promover a unidade entre as Igrejas Orientais Católicas. Também estaremos atentos ao crescimento e à integridade na Igreja, zelando pelo patrimônio litúrgico, disciplinar e espiritual das várias tradições cristãs orientais.

A vivência na Congregação para a Doutrina da Fé e a experiência como bispo referencial para os Católicos de Rito Oriental no Brasil, certamente, irão contribuir para este trabalho na Congregação para as Igrejas Orientais.

Peço a oração de cada um neste novo caminho de muitas responsabilidades”.