Você está em:

Ordenação de sete novos diáconos permanentes no Santuário da Padroeira de Minas – 25 de novembro

Dom Walmor presidiu a ordenação de sete novos diáconos permanentes para a Arquidiocese de Belo Horizonte, na manhã de sábado, 25 de novembro, no Santuário Nossa Senhora da Piedade, em Caeté. A celebração, na Basílica Estadual Nossa Senhora da Piedade – Padroeira de Minas Gerais  (Igreja das Romarias), contou com a participação de familiares, amigos, padres, religiosos e muitos fiéis.

Destacando a importância da atuação dos diáconos permanentes, dom Walmor disse que o  diaconato é força no ministério apostólico, presença de solidariedade e amor na Arquidiocese de Belo Horizonte, no ofício da oração, da Proclamação da Palavra de Deus e no cuidado com os pobres.

Novos diáconos permanentes:
Alessandro Faleiro Marques
Alexandre Batista de Souza
Fernando Cardoso Martins
Gilmar Antônio da Silva
João Francisco de Oliveira
Marcelo Antônio Queiroz Costa
Pedro Gamaliel Alves de Souza

De acordo com as Diretrizes do Diaconato Permanente da Arquidiocese de Belo Horizonte, o diácono é um discípulo missionário. São ordenados para o serviço da Palavra, da caridade e da liturgia, especialmente para os sacramentos do Batismo e Matrimônio, além de acompanhar a formação de novas comunidades eclesiais.

Leia aqui o documento.