Você está em:

Museu da PUC Minas recebe sala especial do Canal Futura

A PUC Minas, em ação conjunta com o Canal Futura, inaugura nesta sexta-feira, 12 de junho, às 10h, a Sala Futura no Museu de Ciências Naturais (prédio 40), Unidade Coração Eucarístico. Com o objetivo de oferecer à comunidade acesso gratuito a conteúdos educativos, socioambientais, de lazer e cidadania, o acervo audiovisual produzido pelo Canal Futura e disponibilizado na sala será utilizado em atividades e projetos pedagógicos, com o objetivo de promover debates sobre diversos temas e contribuir para a formação educacional da população local. 
 
“Este serviço é uma extensão da parceria entre o canal Futura e a PUC TV e consiste em mais um serviço prestado pela Universidade à comunidade acadêmica, que terá acesso a todas as pesquisas e reportagens produzidas pelo canal, e também para os visitantes do museu, que poderão desfrutar de todo esse acervo. Será um ganho muito significativo e, para isso, iremos prover um treinamento de monitores para conduzir os visitantes da midiateca”, afirma o coordenador do Museu de Ciências Naturais, professor Bonifácio José Teixeira.
 
Esta é a segunda unidade da Sala Futura em Minas Gerais – a outra funciona desde 2003 em Ouro Preto, em parceria com a Secretaria de Educação e a Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) –, que marca a chegada do projeto à capital do Estado. De acordo com o Futura, a Sala busca firmar parceria com instituições relevantes e que tenham significativa relação com as comunidades onde atuam. “Este é o caso do Museu de Ciências Naturais da PUC Minas, que atua fortemente com as redes escolares e instituições sociais na região de Belo Horizonte”, explica a gerente de Mobilização e Articulação Comunitária do Futura, Ana Paula Brandão.
 
O Museu de Ciências Naturais, criado em 1983, abriga importante acervo de zoologia, que conta com uma coleção de paleontologia destacada pelas descobertas de mamíferos do Pleistoceno da América do Sul, além de coleções de vertebrados da fauna atual que contemplam anfíbios, répteis, aves e mamíferos.