Você está em:

Mensagem sobre os 25 anos da Comunidade São Geraldo

 

Jubileu de prata…. momento de muita alegria, inúmeras lembranças, saudades daqueles que já se foram, enfim, momento de agradecer a Deus e a São Geraldo por nos ter ajudado em todos esses anos vividos em comunidade.     Com certeza muitas pessoas foram responsáveis pelo que a Comunidade São Geraldo é hoje e, claro, a intercessão do nosso padroeiro e a de Nossa Senhora também foi essencial ao longo de todo esse tempo.

Como é bom poder relembrar o início da nossa comunidade, o pequeno salão onde eram celebradas as missas, as barraquinhas de madeira, a falta de pia para se lavar os enormes caldeirões nos dias de festa, as animadas festas juninas, as lindas coroações no mês de maio e o coral que animava as celebrações. O surgimento de grupos, como o dos jovens criando e fazendo a movimentação da comunidade; o Apostolado da Oração sempre em intercessão por todos; a equipe da Sagrada Face na dedicação e oração constantes; a turma da cantina sempre oferecendo deliciosas guloseimas; a Renovação Carismática Católica convocando o povo a louvar e bendizer ao Senhor; a Catequese de crianças, jovens e adultos sempre na silenciosa dedicação levando os ensinamentos da Igreja aos irmãos; os músicos sempre a alegrar as celebrações; os Vicentinos com a acolhida fraterna constante… enfim, muitos grupos e pessoas foram se unindo para criar e formar a estrutura que a Comunidade São Geraldo tem hoje.

Sabemos que várias pessoas não fazem parte de nenhuma das pastorais, mas todas elas precisam ser agradecidas hoje, pois, na doação, na oração e na partilha silenciosas, também foram fundamentais para o crescimento da comunidade.

É preciso também recordar todos aqueles que foram servos desta comunidade e que  hoje estão no descanso eterno. São inúmeros que, com certeza, rogam ao Pai por nós que aqui ficamos.  Agradecemos a Deus por tantos homens e mulheres que Ele permitiu ficar conosco por um tempo, ensinando, ajudando e acompanhando em vários momentos. Que Jesus e Maria os acolham na glória eterna.

 

Não podemos nos esquecer que daqui a alguns anos, o que nós realizamos hoje também servirá de exemplo e de motivação para outras pessoas, que manterão essa comunidade forte e unida, seguindo e servindo segundo os ideais cristãos

Há também muitos outros irmãos e irmãs que hoje não estão aqui por estarem doentes, mas que não podem ser esquecidos, pois, até mesmo na dor da enfermidade ou nas dificuldades da idade avançada, de uma forma ou de outra estão em unidade conosco.

É preciso lembrar que uma comun, idade não surge de repente! No início, éramos uma paróquia franciscana e só depois, é que foi criada a Paróquia Nossa Senhora Aparecida. A partir daí foi realizado um processo de votação para escolha do nosso padroeiro e São Geraldo foi o escolhido pela maioria das pessoas. E que alegria poder conhecer mais sobre esse homem tão humilde e que é um grande exemplo de amor e serviço a Deus!

Construir este templo foi outro momento de muito trabalho, mas também muito gratificante. Por muitas vezes as missas foram celebradas entre paredes apenas de tijolos, sem teto, sem bancos, um altar simples, mas a emoção e carinho das pessoas eram enormes. Os tempos se passaram e o teto foi colocado, alguns bancos simples de madeira foram adquiridos, o piso foi feito e, aos poucos, esta igreja chegou ao que é hoje.

Logicamente não poderíamos deixar de falar dos párocos que por aqui passaram: Padre José Antônio Meirelles foi o primeiro. Ele se ordenou e recebeu do Bispo esta paróquia. Aqui, ele, um jovem sacerdote, trouxe ânimo, coragem e colocou todos para trabalhar; adultos, jovens, crianças e idosos eram, junto com Padre Meirelles, um só grupo na unidade e na alegria de servir.

Logo depois, Padre Meirelles foi transferido e nós recebemos o Padre Antônio Roberto. Foi também um momento muito valioso para a paróquia. Os muitos trabalhos continuaram, a comunidade cresceu e a vida seguia sempre no serviço a Deus.

Após sua transferência, chegou o Padre Clairisson Saraiva. Foi outra etapa de crescimento da paróquia e os trabalhos rumo à construção e reforma de nossas comunidades foi uma constante.

E atualmente temos à frente da paróquia, o Padre Pablo Luiz. A paróquia vive uma outra fase, de muitos trabalhos e desejo de mudar, criar e levar todas as comunidades a viver a unidade em Cristo.

Não podemos nos esquecer dos seminaristas que por aqui passaram: Ismael, Carlos Felipe, este, atualmente já sacerdotes; Antônio e Adriano, sem contar aqueles que nos visitam de vez em quando. Todos eles sempre contribuíram muito para o crescimento de nossa comunidade.

Ao longo dos anos também tivemos a presença de nossos bispos e que alegria poder receber nossos pastores junto a nós! E hoje, aqui junto com nosso querido Dom Walmor, queremos agradecer a todos eles pela visita, pelas orações e orientações que sempre nos deram.

Dificuldades? Muitas! Tristezas? Várias! Alegrias? Incontáveis! Mas a certeza de que São Geraldo intercede sempre por esta comunidade é o que nos faz seguir adiante, na alegria de servir. Não podemos nos esquecer que daqui a alguns anos, o que nós realizamos hoje também servirá de exemplo e de motivação para outras pessoas, que manterão essa comunidade forte e unida, seguindo e servindo segundo os ideais cristãos.
Agradecemos a cada um que, de alguma forma, contribuiu e continua contribuindo para que a nossa comunidade permaneça viva, digna de perpetuar o nome de São Geraldo e de torná-lo reconhecido pelas próximas gerações.