Você está em:

Irmã Benigna: processo de beatificação terá importante etapa na próxima quinta

Uma nova e importante etapa do processo de beatificação da Irmã Benigna, religiosa da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade, ocorre na próxima quinta-feira, 8 de março. O arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, preside Celebração Eucarística seguida do traslado dos restos mortais da religiosa, que serão levados para o Noviciado Nossa Senhora da Piedade.

Atualmente, muitos fiéis visitam o túmulo da Irmã Benigna, no Cemitério do Bonfim. A partir do próximo dia 8, as homenagens e agradecimentos à religiosa poderão ser feitos no Noviciado, que fica na Av. Antônio Francisco Lisboa, 102, bairro Bandeirantes, Belo Horizonte (MG).

A Celebração Eucarística será às 18h, na Paróquia Santa Teresinha – Rua Julita Nogueira Soares, 705 – bairro Santa Teresinha e terá a presença do postulador da causa dos santos enviado pelo Vaticano, Paolo Vilotta, da Madre Geral da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade, Ir. Neuza Cota da Silva, e da presidente da Associação dos Amigos de Irmã Benigna (AMAIBEN), Maria do Carmo Mariano.

 

A partir das 16h, os restos mortais de Irmã Benigna estarão expostos no altar da Paróquia Santa Teresinha para veneração.

Irmã Benigna Victima de Jesus nasceu em 1907, na cidade de Diamantina (MG). Tornou-se religiosa da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade e sua vida foi marcada pela caridade e generosa acolhida aos mais pobres. Morreu no dia 16 de outubro de 1981. A abertura de seu processo de beatificação ocorreu no dia 15 de outubro do ano passado, durante Celebração Eucarística que reuniu milhares de fiéis.