Você está em:

Imagem da Padroeira de Minas é retirada da Ermida para ser restaurada

 

Um momento histórico para o Santuário Nossa Senhora da Piedade, Casa da Mãe Padroeira de Minas Gerais: nesta terça-feira, dia 1º de abril, a imagem de Nossa Senhora da Piedade, esculpida pelo Mestre Aleijadinho em 1763, foi retirada da Ermida para ser restaurada. Ela foi levada para a Casa dos Peregrinos Dom Silvério, dentro do próprio Santuário, onde foi preparado um ateliê especial para o restauro.

A restauração da imagem faz parte do conjunto de obras de restauração que estão sendo feitas na Ermida desde o dia 10 de fevereiro deste ano e que estão previstas para terminar no mês de outubro, durante o Jubileu da Padroeira.

O arcebispo dom Walmor esteve no Santuário para acompanhar a obra e se disse muito feliz com o importante passo na preservação do patrimônio histórico, cultural e religioso. “A restauração da Ermida é muito importante e nos alegra. Este Santuário é muito especial, local onde a beleza nos toca e nos converte. A intervenção que está sendo feita irá proporcionar a todos a possibilidade de contemplarem, ainda mais, essa magnifica arquitetura divina”.

O padre Fernando César, reitor do Santuário, ficou muito emocionado com o momento especial. Esta foi uma das poucas oportunidades em que a imagem saiu da Ermida e esta será a segunda grande intervenção na construção histórica. “Os fiéis que visitam o Santuário são como filhos que se colocam no colo da Mãe Padroeira. O patrimônio histórico, artístico e cultural é muito importante, é o símbolo que leva à contemplação do sagrado. É muito difícil externar a emoção, pois é uma grande responsabilidade cuidar e zelar de tamanha preciosidade”.

A restauradora Carla Castro, do Atelier de Restauro, afirmou que a imagem passará por processo de limpeza e retoques na pintura. Também participaram do processo de retirada da imagem o padre José Geraldo Sobreira, diretor do Museu Arquidiocesano, a arquiteta da Mitra Arquidiocesana, Daniela Duarte, o técnico em restauração do Iepha, Thiago e o técnico em restauração do Iphan, Ramon.

Restauração da Ermida de Nossa Senhora da Piedade
 
Construída em 1765, a Ermida passará por restauração das esquadrias em madeira, piso e forro, com a manutenção de suas características originais. Todo o guarda-corpo da Praça Cardeal Mota, localizada em frente à Ermida, será trocado. Ainda serão construídas rampas para a Ermida possibilitando fácil acesso para todos. No projeto, estão também incluídas a iluminação externa e interna, a instalação de redes hidráulica e elétrica, além de melhorias no sistema de sonorização.
 
Será mais uma importante etapa do conjunto de revitalizações do Santuário da Padroeira de Minas conduzidas pelo arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo.  Nos últimos quatro anos, o complexo arquitetônico, histórico, paisagístico e cultural do Santuário Nossa Senhora da Piedade passou por importantes mudanças. Foram restaurados o Espaço Dom João Resende Costa – Restaurante, a Casa dos Peregrinos Dom Silvério e a Igreja Nova das Romarias. Houve ainda a instituição do Espaço Padre Virgílio Resi e Espaço Boas Lembranças. As vias de acesso ao Santuário também foram melhoradas, com a instalação do portão dos peregrinos e recapeamento das estradas.