Você está em:

Fiéis celebram o Dia de São Judas Tadeu

Milhares de fiéis preencheram os bancos da Igreja e também a área externa do Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu logo na primeira Missa do Dia do Padroeiro, à meia-noite. Gente de todas as idades e de cidades da Região Metropolitana da Capital aguardavam, com expectativa e muita fé, a Celebração Eucarística.

O arcebispo dom Walmor presidiu a Missa, que foi concelebrada pelo reitor, padre Aureo Nogueira de Freitas; pelos vigários paroquiais, padre Marcus Aurélio Mareano e padre Marco Antônio de Souza; pelo pároco emérito, padre Pedro de Souza e por padre Ednei Almeida.

Em sua homilia, dom Walmor convidou os fiéis a abrirem o coração para a Palavra de Deus e ressaltou a importância desta celebração na vida da Igreja e na caminhada de fé de cada um. Em seguida, lembrou que a devoção a São Judas Tadeu deve nos levar a Cristo e a assumirmos nossa responsabilidade de amar ao próximo: “O milagre vem pelo amor, não pela mágica. Por isso, o compromisso com o amor de Deus deve se desdobrar em cada irmão e irmã. Bênçãos e graças precisam de uma vida e um coração amorosos para recebê-las”.

O técnico em segurança do trabalho, Elison José dos Santos, 66 anos, esteve no Santuário com o seu filho, o mecânico Elison Júnior, de 33 anos. Os dois trouxeram motivos especiais para agradecerem a Deus, entre eles, o emprego conquistado recentemente por Júnior: “Já recebi muitas bênçãos, em diversos momentos de minha vida, mas hoje meu filho e eu queremos agradecer ao Senhor pela conquista de um novo trabalho”, contou o morador de Nova Lima, que sempre participa das celebrações do Dia de São Judas Tadeu.

Vera Lúcia Dutra Portugal, de 80 anos, moradora do bairro Serra, é mãe de Lilian Portugal, de 46. As duas estão sempre unidas em oração e ação de graças. Vera, que frequenta o Santuário São Judas desde 1985, relata momentos especiais vividos no local e manifesta, com emoção, sua alegria por participar, mais uma vez, da Festa do Padroeiro: “Agradeço sempre a Deus pelas bênçãos recebidas”. Para Lilian, o Santuário é um espaço muito especial de oração: “Venho durante a semana para refletir e recordar as graças recebidas, que são muitas. Adoro vir e ver que sempre há algo novo”. destacou.

Veja aqui a programação completa da Festa de São Judas Tadeu no Santuário Arquidiocesano, paróquias e comunidades de fé da Arquidiocese de Belo Horizonte.

Fotos: Felipe Assunção

Festa de São Judas Tadeu - Missa presidida por dom Walmor