Você está em:

Encontro reúne padres e seus familiares no Dia do Sacerdote

Padres da Arquidiocese de Belo Horizonte, os bispos auxiliares e o arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo, juntos com seus familiares, participaram de confraternização neste sábado, 4 de agosto, pelo Dia do Sacerdote. De modo muito especial, a Igreja celebra neste dia o patrono dos padres, São João Maria Vianney. A confraternização foi realizada na Paróquia Santo Cura d’Ars, bairro Prado.

O bispo auxiliar dom João Justino de Medeiros Silva conduziu a abertura do encontro, que contou com o testemunho dos familiares. Dom João sublinhou que o momento “é oportunidade para celebrar o dom da vocação sacerdotal na dimensão familiar”. Em seguida, pais e irmãos falaram sobre a graça de ter, na família, alguém que dedica a vida à Igreja.
 

Após os testemunhos, dom Walmor agradeceu a presença de todos, enfatizando que das famílias “nasce uma força amorosa que chega ao coração de cada filho”. O Arcebispo destacou que “é impossível medir o tamanho dessa força”.
 

Dom Walmor agradeceu, de modo muito especial, aos padres e diáconos, pela presença na vida das pessoas. “Nós, bispos, temos um privilégio muito gostoso: a tarefa de ir a tantos lugares e ver a força da presença, da ação de cada padre”.
 

Um momento de oração foi conduzido pelo bispo auxiliar dom Luiz Gonzaga Fechio, com a presença do Coral Arquidiocesano de Liturgia. Antes desse momento, foram exibidos dois vídeos. Um é dedicado à IV Assembleia do Povo de Deus. O outro apresenta a revitalização do Santuário Nossa Senhora da Piedade – Padroeira de Minas Gerais e a caminhada da Arquidiocese de Belo Horizonte rumo à construção da Catedral Cristo Rei. A oração foi concluída com uma procissão que levou a imagem de Nossa Senhora da Piedade para uma área ao lado da igreja.
 

Nesse espaço, o encontro continuou. O bispo auxiliar dom Joaquim Mol anunciou que cinco imagens de Nossa Senhora da Piedade, réplicas em tamanho menor da que foi esculpida pelo mestre Aleijadinho e que está na Ermida da Padroeira, no alto da Serra da Piedade, vai percorrer a casa das famílias de todos os padres da Arquidiocese de Belo Horizonte.
 

Foram sorteadas as dez primeiras famílias que receberão a escultura. Dom Walmor e os bispos auxiliares levarão as imagens para as cinco primeiras famílias sorteadas. Estas, por sua vez, deverão levar as esculturas para as próximas casas indicadas.
 

Pouco antes da conclusão do encontro, uma representante do grupo Semente, que congrega a juventude da Paróquia Santo Cura d’Ars, entregou um cheque a dom Walmor para ajudar na construção da Catedral Cristo Rei. O cheque é fruto de uma cantina, realizada pelo grupo, após Missa celebrada na Paróquia.

 

 


 

 

 

Veja mais fotos do encontro