Você está em:

Dom Walmor recebe embaixador do Timor Leste

O embaixador extraordinário do Timor Leste, Domingos Francisco Jesus de Sousa, e o adido da Educação, Luís de Sousa Sequeira, foram recebidos pelo arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, na tarde desta terça-feira, 4 de fevereiro.

Durante o encontro, segundo o embaixador, foram lançadas as bases para a cooperação na área educacional, entre o Timor Leste e a Arquidiocese de Belo Horizonte.  Domingos Francisco lembrou que já tem um bolsista timorense estudando na  Puc  Minas  e que são estreitos os laços entre o governo do País e  a Igreja no Brasil.

 O embaixador se disse impressionado com a bondade e simplicidade do arcebispo. “Ficamos felizes com a acolhida que recebemos, e esperamos que cada vez mais a amizade entre nosso País e a Arquidiocese de Belo Horizonte se fortaleçam. Dom Walmor é realmente muito simples e disponível”.

A República democrática de Timor Leste está localizada no sudeste da Ásia, tem 1.066.582 de habitantes, dos quais, 84% cento são católicos. As línguas oficiais são o Tétum e o Português. As bases da economia são a agricultura, comércio e exploração de petróleo.

O relacionamento mais próximo com o Brasil começou em 1999, quando militares brasileiros foram inseridos na Força de Paz da ONU, para garantir a segurança da população timorense durante o processo de independência do Timor Leste. “A partir de então, recebemos muitos professores e religiosos  brasileiros que estão colaborando conosco. Neste início de ano, por exemplo, a CNBB está nos enviando dois  padres que irão lecionar no Instituto de Teologia e Filosofia  em nosso País”,  disse o embaixador.