Você está em:

Dom Júlio César conduz Manhã de Espiritualidade com os secretários paroquiais

A alegria e a esperança do encontro  presencial foram as marcas da Manhã de Espiritualidade que reuniu  secretários e secretárias paroquiais da Região Episcopal Nossa Senhora da Conceição (Rensc), realizada na Igreja Nossa Senhora da Paz, no bairro Cachoeirinha. Padre Antônio Moacir, vigário episcopal, conduziu a oração inicial, inspirada na parábola do Semeador, Mateus 13, 1-23, deixando  “três sementinhas” para serem cultivadas no coração de cada um: “esperança, paz e otimismo”.

Em seguida, dom Júlio César, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte e referencial para Rensc, conduziu a Manhã de Espiritualidade, destacando a importância daquele encontro, que não seria um momento para se discutir o dia da secretária ou do secretário com as suas atribuições práticas, administrativas, mas uma manhã para descansar. Descansar na Palavra, ouvir a Palavra.

O Bispo propôs uma reflexão sobre o evangelho de Mateus (Mt 7,6.12-14). Lembrou que o trabalho dos secretários e secretárias deve ser visto como missão. Dom Júlio disse que os secretários passam por vários momentos de apertos no exercício profissional, muitos entraves, mas lembrou que a igreja existe para ir ao encontro das pessoas, e não é pela porta larga, pela via confortável e sim pelo caminho apertado. “E quem é este caminho? Este caminho é Jesus. Não percamos tempo com coisas que não levam a nada. A Palavra não pode ficar à margem. Aquele que se relaciona com a Palavra e permanece nela é discípulo de Jesus. Quando vem o sofrimento, enfrentamos. A exemplo de Maria quando ouviu a palavra de Simeão “uma espada transpassará o seu coração”, ela guardou a Palavra, ela permaneceu com a Palavra no seu coração. Lembrou que o Espirito de Deus que recebemos no Batismo, nos ensina a continuar a lançar as sementes, e produzir frutos bons, e faz com que a Palavra não caia por terra”.

Em seguida, dom Júlio pediu aos secretários que vivessem um tempo de deserto, e ofereceu a passagem bíblica, Mateus 5, 1-16, para cada um saborear a Palavara. Os secretários e secretários foram então convidados a partilhar a palavra que mais tocou o seu coração, a sua vida, naquela manhã de descanso espiritual. Dom Júlio encerrou dizendo da riqueza vivida naquela manhã, “da partilha rica da Palavra de Deus, tesouro da verdade e vida. Continuemos à frente desta missão, refazendo as nossas forças na Palavra que é caminho, verdade e vida: Jesus Cristo”, concluiu o Bispo.

VEJA TAMBÉM