Você está em:

Defesa da Saúde Pública: coleta de assinaturas prorrogada para 31 de março

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) prorroga o prazo da coleta de assinaturas do projeto de lei a favor da saúde pública, para 31 de março. O movimento espera recolher mais de 1,5 milhão de assinaturas, o que corresponde a 1% do eleitorado nacional, adesão que permite apresentar projeto de lei de iniciativa popular. O documento será encaminhado à Câmara dos Deputados para iniciar a tramitação legal.

O abaixo-assinado do Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública tem como objetivo garantir o repasse de 10% das receitas correntes brutas da União para assegurar o atendimento da população brasileira pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A Arquidiocese de Belo Horizonte e várias instituições do país apoiam esta iniciativa. Para validar a participação, é imprescindível informar, no ato da assinatura, os dados que constam no título de eleitor.

Em agosto, o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, assinou documento de apoio da Arquidiocese ao projeto de lei de iniciativa popular, para a correta aplicação e transparência dos recursos públicos.

Clique aqui para baixar o formulário do abaixo assinado

Consulta ao título de eleitor