Você está em:

Cuidar do outro como irmão

Jacqueline Carmo à esquerda, com as integrantes do Grupo Fuxico do Bem

 

O Grupo Fuxico do Bem é formado por fieís da Paróquia Santa Luzia, do bairro Cidade Nova, que com amor e dedicação, querem contribuir com a evangelização e a construção de um mundo melhor. Elas se reúnem uma vez por semana na Paróquia, para produzir peças de artesanato, que são comercializadas e a renda revertida em gêneros de primeira necessidade para instituições beneficentes e famílias de baixa renda. 

Tudo teve início com o Projeto Boneca Solidária, sugestão de duas integrantes –  Marina MArtins e Jacqueline do Carmo – que sentiram a necessidade de trabalhar com a evangelização. Das bonequinhas produzidas nesse projeto, o leque foi se abrindo. Jacqueline do Carmo, hoje coordenadora, convidou as amigas Wanda, Jaqueline Grissi, Sandra e Ilse, para formar efetivamente uma equipe que tivesse o objetivo de testemunhar a Palavra por meio de obras sociais. Hoje são 26 voluntárias que integram o grupo batizado de “Fuxico do bem”, em virtude de todas as peças desenvolvidas nascerem ou terem em seu contexto o trabalho artesanal chamado fuxico. 
 

As pessoas se tornam mais sensíveis à dor dos outros. Sentimos uma alegria muito grande ao ajudar, fazendo o que Jesus ensinou.

Desde a fundação, vários outros produtos foram criados e hoje são confeccionados: bonecas, tapetes, jogos americanos, chaveiros, bijuterias, panos de prato, toalhas de mesa, lembrancinhas e  mais o que a criatividade permitir. Tudo é comercializado e a renda obtida, direcionada para evangelização, instituições ou pessoas que estejam necessitando de ajuda.

O objetivo dos integrantes do grupo é serem solidários com todos que Deus coloca em seus caminhos. Autodeterminação que retorna como recompensa, revela Jacqueline Carmo: “Trabalho com voluntariado há muitos anos e percebo que a gente recebe sempre mais do que oferece. Muitas senhoras que entraram para o “Fuxico do bem”, por exemplo, estavam depressivas e melhoraram com a convivência entre si e com os beneficiados. Além disso, as pessoas despertam o sentimento de solidariedade e se tornam mais sensíveis à dor dos outros. Sentimos uma alegria muito grande ao ajudar, fazendo aquilo que Jesus nos ensinou: cuidar do outro como irmão. É gratificante ver a alegria estampada no rosto do próximo”.

Ir ao encontro do pobre

O trabalho do grupo não se limita às imediações da Paróquia.  Dia 13 de junho, a coordenadora e mais duas integrantes do “Fuxico do bem”  levarão doações a comunidades pobres do  Vale do Jequitinhonha. “É inexplicável  a alegria de poder ajudar essas pessoas. Vamos levar artigos de higiene pessoal, roupa de cama, vestuário e caixas de leite.  O nosso transporte e dos produtos também foi doado. A gente evangeliza pelo gesto, pela ação”, conclui Jacqueline Carmo.

As pessoas que desejarem colaborar com o grupo podem adquirir os produtos ou fazer encomendas no salão da paróquia, que fica na Rua Amedée Peret, s/nº, bairro Cidade Nova, no mesmo quarteirão da Igreja Santa Luzia. O Grupo reúne-se toda segunda-feira, de 14h a 17h. O telefone para outras informações é 3484 5846.

 

Das bonequinhas produzidas nesse projeto o leque foi se abrindo. Jacqueline convidou as amigas para formarem um grupo que tivesse o objetivo de evangelizar  por meio de obras sociais.

 


Desde a fundação, vários produtos foram desenvolvidos e são confeccionados. A venda é revertida em prol dos necessitados.