Você está em:

Comunicado da Arquidiocese de Belo Horizonte

Belo Horizonte, 28 de fevereiro de 2013
 

Ao Clero Secular e Religioso, Consagradas e Consagrados, Evangelizadores, Agentes de Pastorais, Animadores da caminhada Eclesial, Povo de Deus, homens e mulheres de boa vontade.
 
Tu es Petrus!
 
Esta palavra de Cristo continuará ressoando através dos séculos na sucessão apostólica em cada um dos Papas desde Pedro e assim o será até o fim dos tempos.
 

Estamos em um momento muito importante na história, vida e missão de nossa Igreja Universal. O Papa Bento XVI, em uma rica lição evangélica e espiritual, renunciou ao múnus do Ministério Petrino. Como disse, não o fez simplesmente para o seu bem, mas para o bem da Igreja. Ele o fez em sã consciência como é previsto e possível, para se tornar, de hoje em diante, de Roma, Bispo e Papa Emérito, Anjo orante e tutelar da Igreja. Orando, decidiu sua renúncia, e orando continuará servindo a Igreja, a força maior de seu serviço, a única sustentadora de todo serviço prestado na alegria, simplicidade e na verdade.
 

O Colégio Cardinalício votante entrará em regime claustral para, à luz da oração e ponderações, escolher o novo Papa. Lembremo-nos que este deve ser um tempo especial de oração, agradecendo a Deus o dom do pontificado de Bento XVI e pedindo luz e força para o seu Sucessor no serviço próprio de Sucessor do Apóstolo Pedro.
 

Nesta hora de renovada confiança em Deus e esperançosa comunhão, convido todos para que organizem momentos de oração especial em família, nas comunidades religiosas, nos ambientes de trabalho, nas escolas, no mais íntimo do coração de cada um, promovendo Adoração Eucarística, Tríduo ao Espírito Santo, Louvor Marial, celebrações eucarísticas.
 

Em cada Paróquia, de modo especial, menção e intenção especiais sejam em agradecimento a Deus pelo Pontificado do Papa Bento XVI e para que os Senhores Cardeais sejam iluminados na escolha do seu sucessor.

 
Lembro que na Oração Eucarística a partir das 12h de Roma do dia 28 de fevereiro não se menciona o nome do Papa Bento XVI até que seja eleito seu sucessor. Eleito, comuniquemos a todos e todos sejam convocados para indispensável comunhão de orações pelo novo Pontífice e por sua missão nesta tarefa evangelizadora que cabe, em diferentes serviços, a cada um de nós.
 

Desejo a todos uma fecunda vivência quaresmal, suplicando ao Senhor que aumente nosso vigor espiritual para novas respostas e testemunhos autênticos na fé e na evangelização.
 

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte