Você está em:

CNBB e OAB traçam ações para a campanha de combate à corrupção eleitoral


    
 

O bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Ulrich Steiner, reúne-se com o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, para traçar planos de ação da campanha “Voto não tem preço. Voto tem consequências!”.

O encontro, realizado na sede da OAB, em Brasília, teve como objetivo discutir sobre a  execução da campanha 9840, alusiva à Lei nº 9.840/99, que tornou crime a prática da compra de votos.

Dom Leonardo reafirmou o compromisso da CNBB de mobilizar de mais de cinco mil igrejas em todo o país. Para o bispo, a campanha atende o anseio de toda a sociedade.

Segundo o presidente da OAB, a parceria com a CNBB já resultou em grandes conquistas para a sociedade brasileira, como, por exemplo, a Lei de Iniciativa popular nº 135/2010 – Ficha Limpa, sancionada em 4 de junho de 2010. Com o apoio da Igreja, em todo o país, o Projeto de Lei de Iniciativa Popular conquistou  1,3 milhão  assinaturas, que possibilitaram a aprovação pelo Congresso Nacional. A legislação entrará em vigor nas eleições deste ano.

A reunião contou com a participação do vice-presidente da OAB Nacional, Claudio Lamachia, do secretário-geral adjunto, Claudio Stabile, do diretor-tesoureiro, Antonio Oneildo Ferreira e do membro honorário vitalício da entidade Marcelo Lavenère.