Você está em:

Circuito Sociocultural homenageia 71 anos da Capela de São Francisco de Assis

As paróquias, comunidades e instituições da Arquidiocese de Belo Horizonte se reuniram na Praça da Capela São Francisco de Assis, na Pampulha, nos dias 25 e 26 de abril, durante a 5ª edição do Circuito Sociocultural. O evento, organizado pelo Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política, apresentou as principais iniciativas sociais da Arquidiocese.
 

No dia 25, sexta-feira, foi celebrada uma Missa em Ação de Graças pelos 71 anos da Capela São Francisco de Assis, tradicionalmente conhecida como Igrejinha da Pampulha. No sábado, dia 26, a comunidade participou de shows, apresentações culturais e visitou as tendas com informações sobre os projetos sociais das instituições, pastorais e paróquias da Arquidiocese. Treze paróquias, reconhecidas pelo belo e consistente trabalho social, foram homenageadas, representando as iniciativas de todas as paróquias da Arquidiocese.
 

Neste ano, o Circuito Sociocultural foi realizado junto com o BH na Paz, campanha que promove a cultura de paz e não violência

Segundo Maria Amélia de Jesus, da coordenação do Núcleo de Promoção e Eventos do Vicariato, um dos objetivos do Circuito é estreitar os laços entre Vicariato e paróquias, apresentando para as comunidades toda a estrutura do Vicariato que pode dar suporte aos trabalhos sociais realizados.

Neste ano, o Circuito Sociocultural foi realizado junto com o BH na Paz, campanha que promove a cultura de paz e não violência, mobilizando a população a participar de iniciativas e atitudes concretas que promovam a solidariedade, a rejeição à violência, a fraternidade e o respeito ao próximo.

O Circuito Sociocultural, realizado desde 2010, é oportunidade para que todos conheçam o alcance das ações sociais desenvolvidas pela Igreja, com a mobilização de suas instituições, comunidades de fé e agentes das pastorais. É também momento especial para que cada instituição ou pessoa que contribui para estas ações conheça os preciosos frutos que nascem a partir de seu gesto de solidariedade.