Você está em:

Celebração pelos 40 anos da Pastoral da Juventude reúne centenas de jovens em BH

 

Nem mesmo a fina chuva que caiu no final da tarde desse domingo desanimou centenas de jovens de dioceses de todo o País a celebrarem os 40 anos da Pastoral da Juventude (PJ), na Praça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Demonstrações de fé e alegria marcaram a participação deles na Missa presidida por dom Eduardo Pinheiro, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, da Confederação Nacional dos Bispo do Brasil (CNBB), e concelebrada pelo bispo auxiliar dom João Justino, referencial das juventudes, na Arquidiocese de Belo Horizonte.

 

Entre os jovens, estavam representantes da PJ que participarão da Ampliada Nacional da Pastoral. O evento teve sua abertura nessa celebração e se estenderá até o dia 26 de janeiro, com atividades no Recanto Marista, no município de Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Na Ampliada, os jovens irão avaliar a caminhada da Pastoral nos últimos três anos, e definir as diretrizes para o próximo triênio.

 

Na homilia, dom Eduardo comparou a Igreja com suas pastorais e,especialmente, a Pastoral da Juventude, a João Batista, sendo chamada a contemplar e a testemunhar a presença de Jesus Cristo no mundo. Ele lembrou que a Pastoral da Juventude, “como Igreja jovem no Brasil, há décadas, tem se proposto o compromisso primordial de fazer conhecido, de fazer amado e seguido, o único capaz de garantir vida e plenitude, Jesus Cristo, pois, somente nele nos reconhecemos filhos de Deus, somente por ele, nos reunimos e nos fortalecemos nas comunidades e em comunidade. Com Ele, buscamos novos caminhos que garantem relações interpessoais saudáveis e estruturas sociais defensoras e promotoras da vida”.

 

Dom João Justino, que iniciou a celebração dando as boas vindas aos jovens e a dom Eduardo Pinheiro, no final da Missa, reiterou as palavras de acolhimento e conclamou os jovens a levar Cristo a todos que encontrarem: “Ide, não deixai de falar do que vistes”. E lembrou os dizeres do Papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude, ao enviar os delegados da Ampliada Nacional, “Ide sem medo para servir”.

 

O bispo ressaltou, ainda, a responsabilidade dos jovens e da Arquidiocese de Belo Horizonte, ao acolher a Ampliada Nacional, de pensar o desafio de escutar, discernir e dar os passos que precisam ser dados.

 

Confira também:

 

Mística e ação social: Pastoral da Juventude elabora diretrizes para o triênio

 

Pastoral da Juventude mapeia mais de 9 mil grupos de jovens em 158 dioceses do Brasil 

 

 Ampliada conhece asessores e candidatos à Secretaria Nacional

 

Jovens participam de Leitura Orante com dom João Justino na Ampliada Nacional

 

ENTREVISTA_ Coordenador da PJ pelo Regional Leste 2 da CNBB, Vinícius Borges Gomes

 


Dom João Justino, bispo auxiliar da Arquidiocese de BH e referencial das juventudes
 

 Dom Eduardo Pinheiro, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB