Você está em:

Blog de expedições jornalísticas destaca Santuário da Padroeira de Minas

Flavio Forner/blog MiramundosO blog Miramundos, vinculado ao jornal O Globo, publicou um relato sobre a visita de seus repórteres ao Santuário Nossa Senhora da Piedade. Os jornalistas contam, ao longo do texto, como foi a experiência de conhecer o Santuário da Padroeira de Minas Gerais que, conforme palavras dos repórteres, trata-se de “um dos pontos mais sagrados de Minas Gerais”.

Os jornalistas entrevistaram o reitor do Santuário, padre Nédio dos Santos Lacerda, que falou sobre o Caminho Religioso Estrada Real, rota de peregrinações que vai ligar o Santuário da Padroeira de Minas Gerais ao Santuário Nossa Senhora Aparecida.

Além de contar a experiência, os profissionais fizeram belíssimos registros fotográficos.


Leia, na integra, o relato dos repórteres e veja as imagens

Flavio Forner/blog MiramundosImpossível falar de Estrada Real sem abordar a grande influência religiosa da Igreja Católica em todo este trajeto ao longo dos séculos que se passaram. Enquanto Portugal explorava os recursos naturais brasileiros e incentivava as empreitadas dos bandeirantes ao interior do Brasil para encontrar as pedras preciosas brasileiras, na contramão deste processo os europeus deixaram um legado que marcou e influenciou a história e a cultura brasileira. Não apenas dos pontos de vista da arquitetura e do idioma, mas também dos lados religioso e artístico.

Por onde passamos, independente do tamanho da cidade, pudemos observar a existência de igrejas, capelas e basílicas católicas. Muitas destas construções com três séculos de existência. Neste quinto dia de expedição, em que tivemos que colocar as bikes no veículo de apoio para evitar as estradas de asfalto, por motivos de segurança, aproveitamos para conhecer um dos pontos mais sagrados de Minas Gerais, localizado em Caeté: o Santuário Nossa Senhora da Piedade – padroeira do estado.

Flavio Forner/blog MiramundosPara chegar ao local, é preciso subir 6km por uma serra até alcançar 1.746m de altitude. No topo do monte foi erguida (de 1756 a 1777) a Ermida de Nossa Senhora da Piedade, uma pequena e charmosa igrejinha que abriga uma imagem da santa, uma valiosa obra do Mestre Aleijadinho, criada há 140 anos.

Pe. Nédio Lacerda, reitor do santuário, afirmou que o complexo recebe por ano cerca de 150 mil visitantes, mas que a tendência é aumentar. “Está em fase de elaboração o projeto CRER, que prevê a criação de uma nova rota de peregrinação ligando o Santuário de Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, ao Santuário Nacional de Nossa Senhora de Aparecida, padroeira do Brasil, em Aparecida. Esta rota passará pela Estrada Real e deverá trazer ainda mais visitantes para cá”, estima Pe. Lacerda.

Realmente o lugar é especial e tem uma localização privilegiada que permite uma vista de 360 graus de onde é possível avistar todas as cidades ao redor, incluindo Belo Horizonte. O dia estava bem nublado e chegou a chover em alguns momentos. Mas o sol apareceu entre as nuvens por vários momentos enquanto estávamos lá, permitindo alguns bons cliques lá do alto. Jaime, Daniel, Forner e eu fizemos a festa. Lá encontramos o ciclista de speed (bicicleta de velocidade) João Christian Sabino, de 25 anos, que sobe a serra para treinar com frequência. “Vim de Belo Horizonte. Gosto de vir aqui para ver a vista e sempre entro na igreja também, disse o esportista.

Flavio Forner/blog Miramundos