Você está em:

Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos: Papa destaca o caráter universal da Igreja

O Papa Bento XVI anunciou neste sábado, último dia da Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos, que decidiu, depois de muito refletir e orar, transferir a competência sobre os Seminários da Congregação para a Educação Católica para a Congregação para o Clero, e a competência sobre a Catequese da Congregação para o Clero ao Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização.

 

O Papa saudou os cardeais recentemente nomeados. “Quis com este pequeno Consistório completar o Consistório de fevereiro, no contexto da Nova Evangelização, com um gesto da universalidade da Igreja, mostrando que a Igreja é Igreja de todos os povos, fala em todas as línguas, é sempre Igreja em Pentecostes; e não Igreja num continente, mas Igreja universal”, destacou o Santo Padre.
 

Durante o encerramento da Assembleia Geral, Bento XVI sublinhou que o Sínodo dos Bispos refletiu a universalidade da Igreja. “Ouvimos como a Igreja também hoje cresce, vive. Penso, por exemplo, em quanto nos foi dito sobre Camboja, onde de novo nasce a Igreja, a fé; ou também sobre Noruega, e tantos outros lugares. Vemos também como hoje, onde não se esperava, o Senhor está presente e poderoso”, disse.

 

O Papa acrescentou dizendo que se “a Igreja sente ventos contrários”, sente também, sobretudo, o vento do Espírito Santo,  “que nos ajuda, nos mostra o caminho certo”.Ao agradecer todos que participaram do Sínodo, Bento XVI lembrou que todas as Proposições resultantes da Assembleia Geral “são um testamento, um dom, para elaborar um documento que vem da vida e deve gerar vida”.