Você está em:

23 de fevereiro – Rezemos com o Papa pela paz no mundo

No Angelus do domingo, 4 de fevereiro, o Papa Francisco apresentou um apelo em favor da paz, convocando para que no dia 23 de fevereiro, sexta-feira da primeira semana da Quaresma, fosse realizado o Dia de oração e jejum pela paz.

“Diante da trágica continuação de situações de conflito em diversas partes do mundo, convido todos os fiéis a um dia especial de oração e jejum pela Paz em 23 de fevereiro próximo, sexta-feira da Primeira Semana da Quaresma” disse Francisco.

O Papa recordou que “o nosso Pai Celeste escuta sempre os seus filhos que gritam a Ele na dor e na angústia, «cura os corações feridos e enfaixa suas feridas»”, e convidou a que cada um perguntasse na própria consciência: “O que eu posso fazer pela paz?”.

Completou Francisco: “Certamente podemos rezar; mas não só. Cada um pode dizer concretamente “não” à violência naquilo que depender dele ou dela. Porque as vitórias obtidas com a violência são falsas vitórias; enquanto trabalhar pela paz faz bem a todos!”.

Vamos, todos juntos, rezar com o Papa Francisco pela paz.

Veja outras iniciativas em favor da paz promovidas por Francisco em seu pontificado.

Setembro de 2013: No dia 7 de setembro de 2013, véspera da Natividade de Maria, Rainha da Paz, a pedido do Papa foi realizado um dia de jejum e de oração pela paz na Síria, no Oriente Médio, e no mundo inteiro.

Junho de 2014: Em 8 de junho de 2014, um histórico encontro nos Jardins Vaticanos reuniu o Papa Francisco com os presidentes israelense e palestino, Simón Peres e Mahmud Abbas, para invocar juntos a paz no Oriente Médio. O encontro teve por objetivo “fazer uma pausa na política para ver desde outra perspectiva e mostrar publicamente o desejo comum de que aconteça algo, de que caminhos que foram fechados se reabram, de voltar a sonhar com a paz”, explicou na ocasião o então Custódio da Terra Santa, o franciscano Pierbattista Pizzaballa, um dos organizadores do encontro.

Novembro de 2017: Em 23 de novembro de 2017, foi presidida pelo Pontífice no Altar da Cátedra da Basílica de São Pedro, uma Vigília de Oração pela paz no Sudão do Sul e na República Democrática do Congo.

Informações de Jackson Erpen – Cidade do Vaticano