Você está em:

PUC Minas Betim promove torneio de hipismo para pessoas com necessidades especiais

O projeto de extensão de hipoterapia da PUC Minas Betim inova e propõe, na 23ª edição do Betim Rural, o 1º Torneio Betinense de Hipismo Especial, que ocorrerá no dia 1º de maio, no Parque de Exposições David Gonçalves Lara, de 14h às 17h.

Além dos pacientes da PUC Minas, também foram convidados os atletas do Centro de Referência e Apoio à Educação Inclusiva (Craei) e dos Centros de Hipoterapia Despertar, CET, Shevals e Cepel.

O torneio não possui caráter competitivo, todos os participantes receberão medalhas. O maior desafio do atleta especial será a oportunidade de superar seus limites e necessidades. Além disso, a atividade inclui as pessoas com necessidades especiais em atividades comuns à sociedade e oferece lazer e entretenimento.

A atividade conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Betim e da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), além de inúmeros patrocinadores que apostaram na ideia.

Podem se inscrever pessoas com necessidades especiais que frequentam regularmente os atendimentos de hipoterapia e possuem, como responsável, um fisioterapeuta. As inscrições estão sendo recebidas pela Apae de Betim. Os participantes inscritos receberão uma camiseta do torneio.

O endereço da Apae Betim é Rua Santos Dumont, 159. Horto – Betim – MG.

Iniciativa

Hipoterapia – um atendimento especial para crianças especiais é um projeto que, desde 2010, vem sendo desenvolvido pelos cursos de Fisioterapia, Psicologia e Medicina Veterinária da PUC Minas em Betim. Os atendimentos acontecem às terças e quintas-feiras, de 8h à 12h, na Companhia do Cavalo. As sessões são gratuitas e intercaladas com atendimentos convencionais de fisioterapia.

O projeto multidisciplinar integra as áreas de ensino, extensão e pesquisa da Universidade. O método de hipoterapia é respeitado em países da Europa e América do Norte que, desde a década de 50, apostam no trabalho. De acordo com especialistas, ao cavalgar, o cavalo exige cerca de 2,5 mil respostas motoras dos pacientes que carrega.