Você está em:

Núncio Apostólico recebe título de Doutor Honoris Causa e destaca religiosidade mineira

O Núncio Apostólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri, recebeu na manhã desta quinta-feira, 9, o título de Doutor Honoris Causa, concedido pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), em reconhecimento à excelência de sua formação e atuação religiosa, acadêmica, intelectual e artística.

Durante a cerimônia, que contou com a presença de muitos bispos do Regional Leste 2 da CNBB, que se reuniram em Minas Gerais para a realização de Assembleia Geral, o Núncio Apostólico disse que se sente muito honrado por receber o título de Doutor Honoris Causa da PUC Minas. Ele apresentou Aula Magna sobre a importância dos bens culturais da Igreja, patrimônio histórico e artístico. Entre outros pontos, o Núncio destacou a grande religiosidade do povo mineiro e a relevância da arte sacra presente no Estado, como patrimônio histórico da humanidade.

Grão-chanceler da PUC Minas, o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, que presidiu a solenidade, destacou o trabalho de dom Lorenzo Baldisseri no Brasil. Dirigindo-se ao Núncio, dom Walmor disse que é uma alegria vê-lo no hall dos ilustres da PUC Minas. O arcebispo salientou que a presença de dom Lorenzo na instituição “inscreve algo muito especial na história da PUC Minas.”

O reitor da Universidade e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, dom Joaquim Mol, lembrou da trajetória intelectual, artística e religiosa de dom Lorenzo Baldisseri. “Por onde o senhor andar, carregará o nome da Arquidiocese de Belo Horizonte e da PUC Minas em seu currículo e incrustado no seu coração”, disse dom Mol, dirigindo-se ao Núncio Apostólico.

O Núncio Apostólico é um representante diplomático permanente da Santa Sé que exerce o posto de embaixador perante os Estados (e algumas organizações internacionais) e a Igreja local. Dom Lorenzo Baldisseri é italiano e foi núncio apostólico no Haiti (1992 – 1995), no Paraguai (1995 – 1999), na Índia e Nepal (1999 – 2002). Foi nomeado núncio no Brasil no dia 12 de novembro de 2002.