Você está em:

Nota de solidariedade aos povos indígenas brasileiros

Os bispos aprovaram na manhã de hoje, 12, uma nota de solidariedade aos diversos povos indígenas do Brasil. A nota afirma que “mais uma vez os bispos tomam conhecimento do sofrimento e injustiça que afetam os povos indígenas do nosso país”.

Segundo os bispos da Assembleia Geral da CNBB, dentre os mais de 250 povos indígenas do Brasil, cerca de 90 permanecem na condição de isolamento voluntário. “Vivem no meio da floresta, mas têm suas vidas ameaçadas pelos grandes projetos governamentais, muitos deles parte do Programa Nacional de Aceleração do Crescimento (PAC), que avançam sobre seus territórios tradicionais. A condição de vulnerabilidade em que se encontram os expõe ao permanente risco de extinção em consequência dos sérios danos causados por muitas dessas obras, que se demonstram altamente prejudiciais ao próprio meio ambiente”, destacam os bispos.

A CNBB finaliza dizendo que, por essas razões, “queremos sensibilizar a sociedade brasileira e chamar a atenção do Governo federal para que cumpra o seu dever constitucional de demarcar e proteger todas as terras tradicionalmente ocupadas, conforme estabelece o artigo 231, de nossa Carta Magna”.